Sobre Bruno

Bruno Picinini largou seu antigo emprego em busca de um sonho: explorar o mundo em busca do cálice sagrado perdido enquanto trabalhava com seus negócios 100% online. Criador de diversos negócios online de sucesso, fatura hoje mais de 7 dígitos por ano. Tudo 100% online. Também é autor do Manual do Empreendedor Digital, manual gratuito que já ajudou milhares de pessoas a dar seu primeiro passo no mundo online.

  • Felipe

    Olá Bruno,
    Mais um artigo de qualidade rapaz e muito interessante. Como você sabe eu tenho a oportunidade de juntar o tema que amo ao meu projeto, inclusive citado por você neste artigo como um nicho interessante e lucrativo. Bom só gostaria de deixar aqui nos comentários meu agradecimento à você, por você ser diferente na forma que trata seus negócios e seus leitores. Parabéns e continue com esse belo trabalho.

    • https://plus.google.com/u/0/101623676603442243832 Bruno

      Grande Felipe!

      Valeu pelos elogios 😉

      Sim, as vezes é possível conseguirmos fazer EXATAMENTE aquilo que amamos. Na verdade o post é mais para um “cuidado” com a famosa “faça o que você ama” que as vezes as pessoas tendem a seguir sem muita ponderação.

      Que bom que consegue aliar o que ama com o seu negócio. Isso é com certeza importantíssimo!

      Novamente obrigado e volte sempre 😉

  • http://www.prismabrazil.com Matheus

    Dale Pixno!

    Meus parabéns de novo meu irmão!
    Acho que tu conseguiu colocar muito bem essa armadilha do ‘faça o que você ama’. Acho que essa ideia está gerando uma frustração que na minha área de comércio exterior pessoal sempre pensa: ‘ eu amo viajar, vou fazer comércio exterior’ e o resultado é a frustração.

    Forte abç

    Matheus

    • http://www.empreendedor-digital.com Bruno

      Grande irmão!

      É verdade, sei como é. O conselho de simplesmente “faça o que você ama” já virou quase clichê e as pessoas acabam usando em qualquer lugar sem levar em consideração diversos outros fatores. Até numa entrevista que li fizeram uma pesquisa do conselho que mais PREJUDICOU empreendedores, e o “conselho” “faça o que você ama” ficou em primeiro lugar!

      Volte sempre e fique a vontade para mandar perguntas 😉

      Abraços!

  • LUIS FRADERA

    Parabéns, Bruno, pela maneira inteligente de abordar um tema que já virou refrão: “Faça o que voce ama.”. Muito inteligente a sua forma de escrever, pois apesar de longa, nos prende a ler até o fim, de tão interessante que é. E eu amo o que faço, que é procurar novas formas de se expressar, de viver , de ganhar dinheiro, etc. Meus sinceros parabéns, novamente!

    • http://www.empreendedor-digital.com Bruno

      Ola Luis! Obrigado pelos elogios 😉 Pois é, até foi um pouco complexo escrever o post porque, como falei, eu AMO o que faço, mas não todas as atividades especificas que tenho que fazer para fazer o que amo .. o que pode confundir muita gente.

      Acho que muita gente sai falando “Faça o q vc ama” até com uma certa falta de responsabilidade porque sem uma analise mais profunda, esse simples “conselho” pode mais prejudicar do que ajudar ..

      Valeu pela visita e volte sempre!

  • Rafael

    Parabéns pelo artigo, ganhou mais um leitor assíduo! Me orientou tremendamente bem em relação a escolher um nicho de site para trabalhar, espero que continue com esse site e essa maneira de explicar.
    Abraço

    • http://www.empreendedor-digital.com Bruno M. Picinini

      Grande Rafael! Vou continuar sim :)

      Até, se tiver interesse em mais informações mais completas, hoje estou fechando uma turma prum curso COMPLETO sobre empreendimentos na web. Pode ver mais informações em:

      http://empreendedorefetivo.com.br/inscricoes

      Abraços!

      • Rafael

        Opa, eu vi sim sobre o curso, só fiquei em dúvida se o seu curso tem realmente um conteúdo que venha atender as minhas necessidades de conhecimento, mas você falou que poderia devolver o dinheiro caso não atenda… uma dúvida, o bônus que era para os 30 primeiros ainda é válido?

        Abraço

        • http://www.empreendedor-digital.com Bruno M. Picinini

          Te mandei um e-mail 😉

  • Fermino

    Tentei me inscrever p/Manual do Empreendedor Digital. Só que abriu tudo em ingles. Conformar em ingles.Perguntas e suestões em ingles. Pq.não em portugues .Eu nao falo em ingles! Este Manual é impotante p/todos ou não?
    Abraço

    • http://www.empreendedor-digital.com Bruno M. Picinini

      Olá amigo,

      olha na verdade era pra ser só a mensagem de confirmação de interesse que seria inglês. Todo o resto em português :) Até essa parte que é em inglês só é assim porque eu NÃO CONSIGO, infelizmente, trocar :(

      Se puder mandar onde você viu todas essas informaçòes em ingles eu do uma olhada :)

      Abraços!

  • ezio

    parabéns Bruno, fico feliz por vc responder email po email, sinal que vc tem uma atenção especial em relacionamento com seus clientes

  • José Carlos

    Olá Bruno.

    Nao estranhe meu linguajar , meu perfil que posso demonstrar , mas ja tenho 63 anos e só trabalhei e trabalho na minha vida muitas horas por dia incansavelmente ( ate 12 horas por dia ).
    Derrepente comecei a me interessar com seus assuntos ( caiu no meu colo) , e TUDO é muito estranho neste mundo informatizado , pois pouco sei , apesar de seu linguajar técnico ser aparentemente fácil, para mim nao é ,a pouca familiaridade com o mundo dos blogs , e- mails , etc etc .
    Porque relato tudo isso ?
    Tenho medo de me tornar ridículo diante de minhas duvidas e questionamentos , entende ?
    Mas vai lá :
    Se tenho uma GRANDE idéia sobre um produto que penso ser necessidade de uma grande parcela da sociedade e exponho dessa maneira que vc explica e ensina , e esse produto precisa ser fabricado , como farei isso se nao sou produtor desse produto mas sim o criador ?
    Deu para entender ?
    Exemplo …sei que a grande massa tem necessidade de um tônico que faz nascer cabelo ( esse é só um exemplo ) e eu tenho a formula , jogo isso na internet e milhões de pessoas querem comprar- lo e eu só consigo produzir 100 frascos , como poderia resolver essa situação ?
    Me desculpe se estou sendo “ridículo” , eu lhe avise do meu perfil .
    Grande abraço .
    José Carlosi

  • Ithza Veiga

    Olá Bruno.

    Gostei muito do assunto abordado, tenho me questionado muito sobre o que fazer, pois quero trabalhar por conta própria, porém sempre me esbarro na mesma pergunta: o que fazer? Não sei fazer nada de específico? Adoro várias coisas, mas será que elas são possíveis de serem utilizadas? E de que forma?
    Enfim, fico pensando, pensando, pensando, e não consigo enxergar como usar o que tenho de experiência vinculado com a necessidade do mercado.
    Mas agradeço a você, sua matéria foi bem exclarecedora.
    Abraço,
    Ithza Veiga

  • COSME RUBENS PEREIRA

    Bruno Picinini, o que vc acha assim, faça o que vc ama render mais dinheiro. Pode ser também?

  • yolga de lima silva

    oi Bruno,adorei o assunto, a verdadeiras possibilidades reais de juntar o que ama e o que faz numa coisa só pra me nunca foi tão longe,agora deixou de ser sonho de alice.O problema real é como fazer, pra muitos o produto seria o complicado, mas sei fazer muitas coisas legais é ate complicado escolher, o problema como fazer isso só péssima com blogs etc.Erra é humano e comum,mas as vezes se queimar pode fazer o contrario do que se espera,nisso eu sei que não sou boa.Obrigado

  • André Ferrizzi

    Ótimo artigo, assisti a referência e comprei o livro Startup de 100, muito boa a entrevista com o autor!!

    • http://www.empreendedor-digital.com Bruno

      É bom! Vale a pena! :)