Como Aumentar O Tráfego para o seu Site Em 9 Passos Fáceis

Tráfego para o seu SiteEntão você passou umas 3 dias, 5 horas e 37 minutos escrevendo, redigindo e corrigindo um post novo para o seu site. Procurou as melhores imagens na internet, tratou-as para deixá-las com melhor aparência. Adicionou bullet points e citações.

Ótimo …

Agora você posta o seu site na expectativa da HORDA de leitores que vão invadir o seu site dizendo como você é um exímio escritor e como essa é com certeza a 8°, 9° e 10° maravilhas do mundo JUNTO!!

Mas … Nada acontece … O que será que deu errado!?

Muito provavelmente a resposta é: TRÁFEGO!

Sem tráfego, ninguém vai ver o seu belissíssimo post sobre a emocionante vida dos suricatos desdentados e muito menos sobre os pinguins amestrados do leste …

Não … Para isso você precisa tráfego e é geralmente esse o problema número 1 que a maioria das pessoas têm e acaba por me perguntar para tentar ajudá-las.

Pois bem, há diversas técnicas para aumentar o tráfego do nosso site.

Você precisa de tráfego seja porque você quer mais cliques em seu Google Adsense ou porquê você simplesmente quer que todos reconheçam a sua genialidade ao criar esta obra-prima.

Dica: só a sua mãe provavelmente lhe elogiará. Se acostume.

A que hoje vou citar aqui é uma estratégia para o seu conteúdo bastante simples que apesar de você não precisar criar mais conteúdo, ela lhe ajudará a aumentar o seu tráfego não só no curto prazo, mas principalmente no longo prazo.

Agradou!? Então continue lendo …

Estudo de Caso: Finanças Forever

A ideia para esse post veio na verdade duma vídeo review gratuita que me foi requisitada pelo Everton. Ele entrou em contato através da página no link anterior e pediu para que eu fizesse uma vídeo review sobre o seu site.

Como ele me falou que uma de suas principais dúvidas era na questão de SEO, acabei aproveitando a deixa para criar um post com uma das técnicas que utilizo bastante para melhorar o tráfego dos meus sites.

Essa técnica tem se provado ao longo do tempo uma das melhores técnicas para aumenta de tráfego e o melhor de tudo, livre de risco para a sua relação entre o seu site e sua esposa-em-constante-TPM, o Google.

No vídeo utilizo algumas ferramentas que tenho acesso, mas não se assuste pois o mesmo dá para fazer utilizando somente o Google Analytics e um pouco de bom senso. Depois eu explico com calma o CONCEITO de como funciona isso.

Para saber mais, assista o vídeo abaixo onde faço a vídeo review do site do Everton e já explico como funciona essa técnica (que começa ali pelos 4:10):

  • Nome: Everton Ricardo
  • Site: http://financasforever.com.br

Aos 4:10 começa a parte sobre como melhorar o tráfego do seu site

Agora, se você não tem paciência para vídeos, abaixo tem passo-a-passo de como fazer:

  1. Crie uma conta gratuita no Ahrefs (eu uso uma paga que mostra mais dados, mas uma gratuita já dá para começar);
  2. Depois insira a URL do seu site e clique “Explore Links”. Na nova tela, clique em “External” logo abaixo de “Backlinks”. Exporte esse relatório clicando “Export” ou mantenha a janela aberta para navegar no próprio site;
  3. Abra nova aba, e agora insira a sua URL no site da Ahrefs mas desta vez clique “Explore Keywords”. Na próxima tela, escolha “BR” para Brasil e clique “Keywords”, logo abaixo de “Organic”. Exporte este relatório ou mantenha a aba aberta para navegar dentro do site;
  4. Na aba de Keywords para o Brasil, ordene os resultados por Volume do maior para o menor;
  5. Agora procure as palavras-chaves que têm um bom volume e um posicionamento relativo bom – estas serão as palavras-chaves que iremos focar;
  6. Revise e edite as suas páginas que você deseja aumentar o tráfego adicionando as palavras-chaves que as pessoas utilizaram para chegar em seu site. Para isso, dê uma olhada em meu artigo em como usar as palavras-chaves corretamente em seu site;
  7. Procure páginas em seu site onde você poderia adicionar um link interno para a página que você deseja aumentar o tráfego usando o texto âncora principal (o texto do link em si Empreendedor Digital – neste caso o nome “Empreendedor Digital” é a âncora). Recomendo começar por aquelas que têm maior tráfego ou maior PR (no vídeo é explicado) ou simplesmente aquelas que você intuitivamente sabe que são as melhores;
  8. Veja se há outros blogs onde você pode fazer um guest post e fazer um link para a sua página. Cuidado com o texto âncora: utilize somente 25-30% das vezes uma âncora perfeita; nas outras utilize termos genéricos ou até a própria URL.
  9. Repetir.

Agora basta você repetir estes passos de tempos em tempos e com certeza o seu posicionamento e ranking no Google irá aos poucos aumentando, o que gerará mais tráfego e consequentemente, mais rentabilidade ao seu site.

“Mas eu não entendi nada de texto âncora, URL, Ahrefs e nada dessas porcarias que você falo!!! Que que eu faço!?”

Calma … Eu sei que, para o pessoal do SEO, isso é o básico dum trabalho dia a dia, mas para outras pessoas que não estão tão interessadas em SEO, pode parecer um pouco complicado.

Para resolver isto, continue lendo o texto que vou explicar o que você deve fazer:

Do início

A primeira coisa que eu quero que você faça é que você esqueça todos nomes, ferramentas e tudo mais que citei acima e tente entender o conceito por trás. Assim você poderá adaptar para qualquer caso.

E qual é o conceito?

“A ideia aqui é que queremos achar aquelas páginas e palavras-chaves em nossos sites que sabemos que há pessoas procurando por ela (ou por instinto ou checando no Google Adwords Keyword Tool), e otimizarmos as páginas para que estas melhorem seus rankings no Google o que consequentemente trará mais tráfego.”

E como fazemos isso?

Com links internos e externos.

Se por exemplo eu decidisse que a minha página sobre como ganhar dinheiro na internet deveria receber mais tráfego para este termo, eu editaria posts antigos e novos para ter este texto âncora como ganhar dinheiro na internet para aquela página – exatamente como fiz agora!

Repare como eu utilizo essa estratégia na maioria dos meus artigos.

Links internos são muito importantes e de muito valor. Só com eles você consegue melhorar, e muito, os seus rankings e posicionamento no Google!

É isto!

Aquele passo-a-passo acima é basicamente uma maneira sistemática e eficaz de fazer isso que acabei de descrever.

“E se eu não tenho nenhuma das ferramentas que você citou?”

Simples.

Faça assim:

vá ao seu Google Analytics (e se você não tem nem esse instalado, INSTALE AGORA!! Sim é uma ordem …. Tô esperando …. Já instalo!? Não tente me enganar!! … Pronto? Ótimo, agora podemos continuar) e dê uma olhada nas palavras-chaves que têm trazido mais tráfego para o seu site.

Agora, ou utilize um software para checar os seus rankings (o RankChecker ou o Google Monitor Free SEO Software são duas alternativas gratuitas) ou simplesmente faça o mais simples:

VÁ NO GOOGLE E DIGITE A TAL PALAVRA-CHAVE!!

Pronto. Agora olhe onde você aparece nos resultados.

Agora você tem que fazer uma análise COMPARATIVA das palavras-chaves listadas.

“Mais hein!?”

Seguênte:

  • Palavra-chave 1: trouxe 15 visitas.
  • Palavra-chave 1: trouxe 12 visitas.

Opa! A primeira parece ser melhor para investir certo!?

Depende.

E se eu adicionar estes dados:

  • Palavra-chave 1: trouxe 15 visitas e está ranqueando na 2° posição;
  • Palavra-chave 1: trouxe 12 visitas mas está ranqueando na 7° posição.

E agora? Qual você acha que é melhor você investir o seu tempo!?

Com certeza absoluta na segunda palavra-chave!!

Por que?

Porque se ela está trazendo já 12 visitas ranqueando na 7° posição, imagino quanto ela não traria na 2° posição como a outra ou até em 1°!?

Entendeu?

Claro que as vezes não vai ser tão simples:

  • Qual o tipo de palavra-chave!? Ela converte bem?
  • Qual a competição?
  • Qual a dificuldade de mexer de 7° para 1° e a outra de 2° para 1°?
  • etc. Etc.

Agora que você sabe qual palavra-chave e qual página você deve investir seu tempo, basta somente você editar posts antigos e adicionar um link interno para essa página variando o texto âncora dos seus links mais ou menos assim (supondo que a palavra-chave é “planilhas financeiras”):

  • 25% “planilhas financeiras”
  • 25% singulares e relacionadas: “planilhas de finanças”, “planilhas para cálculos financeiros”, etc.;
  • 50% genéricos como “clique aqui”, “este artigo”, etc.

Este é somente um guia – nem perca seu tempo calculando o número exato de vezes que você usou uma âncora. Mantenha em mente estes números e provavelmente você estará protegido de pinguins assassinos.

Esse guia vale tanto para links internos externos, mas internos você pode ter um pouco mais de âncoras não-genéricas.

Quais páginas editar

Se você não utiliza o Scrapebox (software usado no vídeo), não se preocupe muito e vá no feeling mesmo.

Eu começaria editando as páginas que tem mais visitas e também aquelas que possuem mais comentário e interação.

Enfim, há maneiras de sistematizar isso, mas se você não quer perder tanto tempo com isso, vá no instinto: tenho certeza que você sabe melhor que ninguém quais são suas páginas fortes em seu site.

Dica: as páginas que você tem links de navegação por TODO o seu site, devem ser utilizadas pois são provavelmente as mais fortes (o que serve para provar como links internos realmente ajudam a melhorar os rankings). Páginas como “sobre” são excelentes para colocarmos alguns links estratégicos.

(Sim, não coloquei ainda na minha mas irei colocar. Cara chato pô …)

Dois conceitos que eu utilizo todas vezes que planejo e otimizo um site que quero lhe ensinar são estes:

“Nenhuma página é uma ilha”

Não deixe nunca nenhuma página a deriva sem ajuda das outras – suas páginas não são ilhas. Faça links delas e para elas. Leia meu post sobre como organizar o conteúdo do seu site e faça agora mesmo uma doação de mais de R$100,00 para a minha conta*.

* A doação é opcional mas altamente recomendada se você quiser GARANTIR um aumento de tráfego para o seu site. Não diga depois que não avisei.

“O seu conteúdo está em constante alteração”

Nunca publique um texto achando que nunca mais vai alterar ele – este é com certeza um dos piores desperdícios que você pode fazer com o conteúdo do seu site.

Renove, reescreva, utilize as palavras-chaves que você achou em sua pesquisa e que está levando o pessoal para o seu site e adicione no texto – ou você acha que o Google é adivinho!?!?

FACILITE O TRABALHO DELE E DIGA EXATAMENTE SOBRE O QUE A SUA PÁGINA SE TRATA!!

Não faça páginas “Pedro e Seu Blog – Divagações Aleatórias sobre Deus e o Mundo” e depois reclame que você não consegue de jeito nenhum ranquear para o termo “cartão de crédito”.

 

Mas falando sério, baixe o manual hoje mesmo que eu prometo que você não vai se arrepender!

Gostaria de saber mais sobre como ter seu negócio 100% online mesmo que você ainda trabalhe em outro emprego e mesmo que você nunca tenha criado um site na vida??

Então eu recomendo que você dê uma olhada nisso AQUI.

Esse é o treinamento oficial aqui do site chamado Férias Sem Fim. Nele eu mostro, passo a passo, o exato mesmo sistema que eu e centenas de outras pessoas usam para criar seu negócio online.

Foi ele inclusive que me possibilitou ganhar de R$ 3 a 20 mil reais em apenas 90 dias. Sim, com um negócio novo criado totalmente do zero.

Saiba como ganhar de R$ 3 a 20 mil reais em 90 dias aqui nesse link. 

Transcrição do Vídeo

No vídeo de hoje você vai aprender como eu faço para achar as melhores palavras-chave e as melhores páginas para investir o seu tempo, tentando melhorar o posicionamento delas no Google. Fazendo isso, você vai aumentar o sue tráfego, e consequentemente a sua rentabilidade.

Para fazer isso, vou dar uma olhada no site do Everton, que é o “Finanças Forever”. Vamos lá!

Bom, aqui no site primeiro, ele me comentou que um dos medos que ele tinha era a questão de publicidade e banners que ele tem em relação aos e-books que ele vende, pois ele achava que estava poluindo muito o site.

Pessoalmente, eu não acho que é muito. Até, na verdade, eu poderia subir tanto aqui o e-book do Henrique como esse da sua loja, mais para cima (acompanhe no vídeo), colocaria logo aqui em seguida, depois desse, deixaria o a tua newsletter aqui em cima. Esses até podem ir para baixo, depende claro de quantas pessoas assinam, mesmo assim acho que não precisa ser tão grande. E até aqui em cima esse retângulo, imagino que seja para publicidade, poderia já colocar alguma coisa… Acho que não tem tantos problemas, tão está tão poluído não.

Uma das coisas que eu notei é que, tanto no pop-up, que não está aparecendo agora, mas aqui, eu daria uma melhorada nisso e investiria o máximo, faria como prioridade conseguir gente para a sua lista. Se você tem esse e-book, eu primeiro criaria uma capa virtual, como eu tenho no meu site, para colocar aqui, porque isso aumenta muito a quantidade de pessoas que vão assinar, só por chamar mais atenção para essa parte.

Depois, eu vou ter um link aqui embaixo do vídeo para onde você pode criar uma capa gratuita.

Segundo, ao invés de ter esses textos, eu colocaria mais listas com postos dos benefícios, e o que o pessoal vai aprender dentro do seu e-book, tanto aqui, como no próprio pop-up, pois assim chama mais atenção e é mais rápido para as pessoas lerem e saberem imediatamente do que se trata.

Essa página aqui do “sobre” é bastante importante. Além de ter muita força, porque ela tem o link aqui no cabeçalho, ou seja, ela é considerada importante para o Google e aparece como, aqui, em PR3, a primeira coisa que eu faria era colocar a sua foto mais para cima. Porque isso dá uma “cara” mais pessoal.

Segundo, utilizaria para fazer alguns links para as suas páginas principais.

E terceiro, mais importante, ache um jeito de colocar aqui no texto um formulário de inscrição na sua newsletter como essa aqui. Dá uma olhada no meu “sobre” e vê como é que eu fiz, porque, com certeza, o “sobre” é um dos lugares que tem bastante gente visitando todos os dias e, se você tiver uma caixa de optin aqui no meio do texto, você vai ver que começará a aparecer muita gente se inscrevendo através dessa página.

Bom, agora a gente vai dar uma olhada na parte SEO e como eu faria para melhorar os rankings de uma determinada página e palavra-chave, como eu havia comentado no início do vídeo. Primeira coisa aqui do site, o real author está instalado, aparece a foto, isso é importante.

Segunda coisa, o título, que adicionou no final de toda a página, eu acho muito grande. Acho que poderia deixar só “Finanças Forever”, e usar o resto para colocar mais palavras-chave no início… Num teste aqui de velocidade, está bom, 87, mas só instalando um plugin, que de cachê já deve melhorar um pouco, vai ter o link também no vídeo… E agora eu vou falar como melhorar o posicionamento de uma página em relação a uma ou mais palavras-chave.

Então, aqui no site “Ahrefs” que um site que eu uso para analisar links, âncoras, páginas e tudo mais, a primeira coisa que eu já noto que é há 23 domínios diferentes linkando com o seu site. Isso, que início é bom, mas eu investiria bastante em fazer guest post, posts para outros sites, e um trabalho de link building para aumentar o posicionamento geral do site.

A segunda coisa é que aqui, no mesmo site, tem essa ferramenta que mostra palavras-chave que estão ranqueando no Brasil. Eu selecionei aqui. Então, aqui, por exemplo, têm algumas palavras-chave com a busca e a posição que elas estão. Como você não terá acesso a todas essas daqui, eu já salvei em uma planilha, que estará inclusa no post, para você baixar, e nós vamos usar ela para agora ver como a gente melhoraria uma palavra chave de alguma página, e qual seriam as melhores palavras-chave para se investir.

Eu vou abrir a planilha que eu já tinha salvado. Essa é a planilha que veio daquela página. Basicamente o que eu fiz, apenas ordenei por volume e coloquei uma formatação condicional para ver. O eu a gente estará procurando é palavras-chave que tenham um bom volume de pesquisa e que já tenham uma posição relativa boa. Por exemplo, planilhas financeiras, que têm 1600 pesquisas locais, já está em sétimo. Se conseguisse aumentar, com certeza, teria um tráfego no site, vindo desse tipo de palavra-chave.

Então, o segredo aqui vai estar em olhar as que têm maior volume e ver comparativamente a que posição elas estão agora ranqueando no Google.

Vamos usar como exemplo, essa palavra-chave aqui, em relação a essa página (acompanhe no vídeo). O que eu faria agora? Era pegar aqui, ver qual a página, e filtrar só por essa página. Assim, eu consigo ver todas as palavras-chave que eu estou ranqueando de algum jeito no Google.

Você talvez tenha até outras que tenha notando que você está tentado ranquear, mas essas são as que eu tenho acesso através do site que eu mostrei usando.

A primeira coisa que eu faria com todas essas aqui é, no seu site – aqui essa é a página – seria incluir essas palavras aqui. Não precisa ser exatamente igual, mas tente incluir a maior parte delas no seu texto e, principalmente, em headings, que são os cabeçalhos tipo esse. E no caso, se eu olhar aqui com a ferramenta, não tem nem a H1, que geralmente é o título ou alguma coisa em seguida.

 

Então poderia adicionar elas aqui como meio até para separar o artigo, ou nessas partes, falando de cada uma… Adicionando elas na página, elas já vão começar a ter um melhor acesso e melhor posicionamento no Google.

Agora, a segunda coisa que eu faria, que será tão importante quanto, ou mais, seria usar essas palavras-chave, variando, tanto como links internos como externos. Externos seria como você fizer um guest post, algum site, e simplesmente linkar algumas dessas palavras para essa página. Agora, internamente, também é muito poderoso e geralmente o pessoal não dá muita atenção. Mas links internos, pode até reparar no meu site, como eu faço, são bastante importantes. Como eu faria?

Primeiramente, eu vou te enviar esse relatório aqui, que eu peguei de um software que eu utilizo, que ele, basicamente, eu olhei o site, pode ver aqui que tem todas as URLs do seu site, e dei uma olhada qual que era o pagerank de cada uma dessas páginas. Não é a métrica mais importante, mas confiável do mundo, mas já é um início. Então aqui, está mostrando as páginas que, teoricamente, o Google considera mais importante. Porque exatamente adversos? Geralmente é porque há mais links e ela tem mais importância.

No caso, eu iniciaria de cima para baixo, indo a cada uma dessas páginas, e, dentro delas, adicionando links para essa página, usando alguma dessas âncoras. Não precisa fazer tudo isso em um dia, vai fazendo aos poucos. Pegue essa primeira página e adicione um link para aquela outra página, não precisa mais que um, porque depois, o segundo link já é desconsiderado. Então, um link, com a âncora “planilhas financeiras”, vindo dessa página, com certeza já vai ajudar. Depois em outro dia, outra semana, dessa página, dessa, depois dessa… (acompanhe no vídeo). E assim por diante. Não precisa adicionar todos, até porque seria meio estranho.

E como você, provavelmente vai fazer com muitas outras páginas, varie. Por exemplo: use esta, esta e esta para adicionar as planilhas financeiras. Depois use essa primeira de novo e outras duas para uma outra página que você deseja ranquear… Há diversas alternativas. Use bastante os links internos, variando bastante a âncora, mas sempre relacionado ao seu termo principal, que com certeza, com o tempo, você vai começar a ganhar mais posicionamento no Google, consequentemente mais tráfego e aumentar a rentabilidade do site.

Agora, olhando aqui a página, já dá para ver que em algumas delas você já segue essa dica e com certeza isso ajuda. Por exemplo, aqui tem a do “sair do vermelho”, planilhas gratuitas aqui… Então, continue fazendo isso e nas outras que estão listadas aqui, como essa aqui, também já adicione e usa a mesma estratégia para aumentar o posicionamento dessas páginas para as palavras-chave que você quiser.

A última dica que eu quero dar é como usar uma outra técnica para melhorar ainda mais o posicionamento das suas páginas, para as suas palavra-chave. Então, por exemplo, escolhendo ainda a mesma página, que era de planilhas financeiras, aqui no Ahrefs ele tem um relatório de backlinks, uso de backlinks externos, que ele lista todos os backlinks que ele achou para o seu site. Não que sejam todos, mas os que o bot desse site achou. Esse eu também vou estar te mandando em uma planilha, que é essa outra aqui… E aqui o que a gente vai fazer, aqui é de onde vem o link e aqui é para qual página está linkando.

Então aqui a gente vai filtrar pela página que a gente quer (ilhas) e o que a gente vai fazer agora é dar uma olhada nas âncoras. No caso aqui acho que até não tem muito o que fazer, porque a maioria ou já tem planilhas, ou já é a própria URL do seu site, que não tem tanto problema, ainda mais depois de update como o uptade Penguin, é bom que tenha alguns links que são somente a URL.

Aqui no caso até está sem problemas. O que eu faria, vamos supor se um dia eu tivesse aqui algum link, como “Everton no site” ou “clique aqui”, um que outro desses também é normal que aconteça e não tem problema. Mas se quiser otimizar mais, com cuidado, você pode pedir, contatar o site onde estar o link, e pedir se eles podem trocar o texto âncora para algum outro daqueles que você viu aqui. Cuidado para não repetir muito o mesmo termo, e nem ter todos iguais, porque isso é um sinal que o Google olha e se exagerar, você pode mais prejudicar do que ajudar.

Outro conselho que eu quero dar é em relação ao site e a rentabilização em si. Eu vi que, como você falou, você tem seu e-book gratuito e a maior parte dos seus rendimentos vem de afiliados. O que eu recomendo era já começar a pensar em fazer o seu próprio infoproduto. Não precisa ter tanto trabalho… Se você já criou um e-book gratuito, não vejo porque não poderia fazer outro, pago… A minha recomendação, tanto para o site, quanto para o e-book, seria diminuir a sua área de atuação do site. Porque sites de finanças em geral há vários e você vai competir com alguns muito grandes, com equipes enormes trabalhando por trás. O que eu faria?

Até usando uma palavra-chave que me chamou a atenção aqui, que você está ranqueando, é, por exemplo, “como sair do vermelho”. Essa aqui tem um nível de pesquisa 1000, nem muito alto nem muito baixo… Não é somente por causa da pesquisa… O que seria, de repente interessante, que eu quero dar como exemplo de como focar mais em um nicho menor e não tanto finanças, seria fazer, por exemplo, um e-book sobre como , exatamente, uma pessoa pode “sair do vermelho”. Não sei se daí com bancos, dívidas, não sei como seria exatamente, mas nesse sentido. Por quê?

Vamos supor que há uma pessoa que realmente está com problemas, está com dívidas, devendo no cartão, e não sabe o que fazer. Um e-book muito genérico de “como controlar suas finanças” não vai ajudá-la como ela quer. Agora, se você criar um e-book especificamente para resolver o problema “como sair do vermelho”, pode ter certeza que a pessoa que está no vermelho vai olhar e pensar “é exatamente isso que eu preciso!”. Então, a sua chance de venda e promoção é bem maior por você estar resolvendo um problema pontual e real. E fica mais fácil de promover e se destacar do que mais um livro sobre “como controlar suas finanças”.

Não que não precise, ou que não poderia fazer. Mas eu acho melhor começar com um mais específico para algum problema que os seus usuários e leitores podem ter e, como já está mostrando aqui, no que você já tem assunto e até posicionamento no Google, tem interesse por esse assunto. Se for exatamente isso que você vai fazer, não sei, é apenas um exemplo de como eu pensaria para fazer.

Outro exemplo seria orçamento familiar. “Como fazer orçamentos com famílias de um ou mais filhos para economizar para a faculdade”, que pode ser um problema que alguns pais têm. Não sei. Aí você sabe melhor que eu, apenas estou tentando exemplificar como eu faria, mas especificamente.

Esse aqui então é o site do Everton. Se você tiver interesse, eu recomendo que, além de curtir e mandar esse vídeo para os seus amigos, você pode também pedir uma vídeo review gratuita do seu site através do meu site que é (oferta já finalizada).

Eu vou deixar o link aqui embaixo e também já recomendo que baixe o manual do “Empreendedor Digital” que já responde grande parte das dúvidas que o pessoal tem quando está começando um negócio.

Fico por aqui, até a próxima! Obrigado.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+