Caso de Sucesso: R$ 143.590,07 em 11 Meses

Nossos convidados de hoje!
Nossos convidados de hoje!

Conheça o Davi e o Lukas:

Eles junto criaram um negócio 100% online que gerou R$ 143.590,07 em 11 meses.

Nada mal não!? 🙂

Fizeram isso com 2 produtos. Ambos no mesmo mercado, pra mesma lista e na área que eles já tinham um certo conhecimento.

Agora:

cuidado pra não cair na armadilha de que “ahhh mas eles já tinham o que falar!”… Sei que muita gente acha “que não tem nada pra ensinar”.

Primeiro que TODO MUNDO começou de algum lugar. TODO MUNDO, em algum ponto, sentou na cadeira, baixou a cabeça e estudou. Até aprender. Por que você não pode faze o mesmo!?

Segundo, NÃO É obrigatório ter já um conhecimento na área pra criar o negócio online. Você pode fazer como o Martin fez aqui. Ele foi atrás dos maiores experts do nicho dele, entrevistou eles e aí criou seu produto.

Enfim, há opções pra todos 🙂

Vamos ao vídeo então:

E aqui algumas imagens dos ganhos e como prova de que eles sabem o que estão falando:

R$ 49.161,31 em 3 meses e 25 dias
R$ 94.428,76 em 11 meses

Entooonces é isso!

Se gostou da ideia de ter seu negócio 100% online, então você pode fazer o mesmo curso que o Davi e o Lukas fizeram que é esse aqui:

Saiba mais sobre o Empreendimentos Digitais Altamente Lucrativos

Esse é o curso oficial do site. Ali ensino de A a Z com vídeos e tudo bem explicado como exatamente montar o seu negócio online lucrativo.

Esse é o melhor curso de Empreendedorismo digital do Brasil e você já viu diversos outros estudos de caso com resultados incríveis: o Meison, o Martin, agora o Davi e o Lukas e muitos outros!

Então aproveite enquanto há vagas no curso pra fazer sua inscrição. Já pensei várias vezes em tirar ele do ar porque hoje em dia acaba tomando um certo tempo que preciso pra outros projetos que apareceram.

Mas por enquanto tranquilo. Ele fica no ar. Então se quiser seu lugar garanta agora:

Clique AQUI para saber mais sobre como ter seu negócio 100% online

E aqui o site deles caso você queira dar uma olhada: http://formataropc.com/

Você pode ouvir esse episódio também no Podcast Oficial do Empreendedor Digital e através do player abaixo:

» Clique aqui para se inscrever no Podcast pelo Itunes

Construindo um negócio de 6 digítos em 11 Meses Com Seu Negócio Online

Bruno: Opa, tudo bem? Nós estamos hoje aqui, novamente Bruno Picinini com você, falando pelo Empreendedor Digital, e eu trago hoje para você mais um estudo de caso de sucesso aqui, com o Davi e o Lucas, que eles concederam esse tempo aqui para nós para falar um pouco mais dos resultados que eles tiveram.

Então, vai estar aqui também, junto, no vídeo, aqui na página, alguns resultados que eles tiveram com o negócio deles, que é bastante interessante, para aqueles… que eu sei que tem bastante gente que frequenta meu site que são ou formados em TI, ou trabalham, enfim, na área de manutenção de computadores e eles tiveram, têm hoje, acredito que dois produtos, o primeiro deles foi um pen drive, que eles começaram a vender em dezembro do ano passado, que até hoje, os últimos dados que me passaram, eles tinham feito R$ 94.428,00, isso eu não sei exatamente se é o lucro líquido, acho que não, porque é só o número lá no Bcash, mas enfim, é isso, até mais de faturamento, e também um curso de manutenção de computadores, que eles lançaram agora, em junho – acho que foi dia 7 de junho, pelo que eles me falaram – e logo nesses primeiros 23 dias, ali em junho, eles fizeram R$ 26.396,00.

Então, resultados realmente incríveis, que quanta gente está aí, tentando começar um negócio online, e, às vezes, é só aquela sensação, “se eu conseguisse substituir o meu emprego, que eu ganho sei lá quanto, já estaria ótimo”. E eles estão aí com resultados incríveis, e realmente um negócio muito bacana, e por isso eu os convidei hoje, para falar um pouco mais.

Então, Davi e Lucas, a palavra está com vocês, se apresentem, falem um pouco mais do negócio de vocês, como é que vocês chegaram nesses resultados, e o que mais vocês tiverem de dicas para dar para o pessoal que está aí, assistindo.

Lucas: É isso aí pessoal! Para quem não conhece ainda a gente, eu sou o Lucas…

Davi: E eu sou o Davi…

Lucas: A gente começou, foi no meio de dois mil e…

Davi: 2013.

Lucas: 2013? No mês 6 de 2013 que a gente… Eu, particularmente, fui o primeiro a clicar no banner do Bruno…

Bruno: Em algum lugar.

Lucas: Em algum lugar, num site lá, aqueles bannerzinhos milagrosos dele, lá, e aí, a partir dali, a gente começou a estudar empreendimento digital, e particularmente, a parte bacana que eu achei do Bruno, do site, da estrutura toda, é que justamente o nome do site é Empreendedor Digital. Então, é algo acho que diferente daquela coisa de ganhar dinheiro online, aquela coisa muito forçada… É uma coisa mais natural, que é o empreendimento digital, e realmente funciona, existe. Eu sabia que era possível, mas não sabia como.

Daí, quando a gente comentou, daí eu comecei, eu falei, “é legal, é bacana, mas tem trabalho”. Só que, assim… tem trabalho para fazer, e eu, como o meu tempo era corrido, eu falei, “ah, chamar esse cara aqui”, que estava lá, meio de folga, lá, e aí…

Davi: Não estava fazendo nada, daí… A gente começou… Ele me apresentou o site do Bruno, lá, e eu, na hora já…

Lucas: Baixou o manual, lá.

Davi: Porque quando você está na internet, é normal você cair em um monte de pegadinha, um monte de coisa e tal, e eu já sou familiar da internet, desde pequeno eu já conheço o que é uma pegadinha, o que não é, o cara que é confiável, o que não é. E eu bati o olho naquele manual, li e tudo o que o Bruno falava tinha sentido, e eu até comentei com o Lucas, “cara, não tem como ser alguma pegadinha, nada disso, porque tudo o que ele fala faz sentindo”. Então, eu falei…

Lucas: Claro, exatamente.

Negócio na Internet do Zero

Davi: … “vamos colocar isso em prática, porque não custa nada tentar”. Eu mesmo estava meio largado, não estava fazendo nada, só estudando. Aí, eu…

Lucas: Estava com a profissão do desempregado.

Davi: É,  uma ótima profissão, 13º estava garantido sempre.

Bruno: Tinha um bom período de férias, assim, um bom descanso.

Davi: É, a melhor profissão do mundo. É nada… Aí, eu peguei e comecei a estudar junto, a gente se conectava de noite no skype, era ideia atrás de ideia, e a gente começava a colocar tudo no Evernote

Lucas: De primeiro, eu li o manual do Empreendedor Digital, que o Bruno mandou, lá. Foi até engraçado que era de madrugada, três horas da manhã, minha mulher dormindo e eu lendo lá, o manual em PDF, eu só tinha tempo de noite, depois da meia noite. E eu, de madrugadão lá, lendo o manual, acho que cento e poucas páginas…

Bruno: É, por aí.

Lucas: É bem completo, eu li acho que eu li numa noite, mais ou menos. E depois, daí, já no outro dia, passei o manual para o Davi, “lê isso aqui”. Aí, a gente começou a ler os seus artigos no site. Inclusive, os artigos são muito bacanas, porque você é bem engajado, realmente, no que está fazendo. Aí, eu comecei a ler todos os artigos, aí, você foi mandando e-mail, até que a gente comprou o EDAL.

Davi: Então, inclusive, você assistia daqui, no site do Bruno estava, é… os artigos dele são muito bons, se você puder dar uma olhada, com certeza você vai tirar proveito de alguma coisa. Muita coisa dez. E aí, o Bruno mandou o EDAL, que era o Empreendedor Efetivo…

Bruno: É, esse era a primeira versão, que hoje se chama Empreendimentos Digitais Altamente Lucrativos, que é o curso… Porque assim, aquela era outra turma que eu fiz no passado, que é esse hoje, o nome.

Lucas: Hoje mudou o nome.

Davi: É, esse daí, o EDAL, a gente pegou e não hesitou em comprar, porque a gente sabia, “cara, a gente não tem nada a perder”. É um valor muito abaixo do que outros por aí na internet. Aí, a gente pegou, imprimi o boleto, paguei e a gente começou a fazer aquele curso. Cara, beleza.

Lucas: Beleza. Então, daí, a gente começou a se conectar toda a noite, depois que a gente comprou o curso, e toda noite a gente estudava junto, conectado pelo Sckype, e a gente preferiu estudar primeiro, fazer um mês e meio, praticamente, de treinamento, o curso inteiro a gente estudou…

Davi: Era para ter aquela noção geral, tem que ver como é que funciona o negócio. Porque você não vai começar fazendo o negócio meio que por cima, sem saber direito. Então, aí você tem uma noção geral do negócio, como é que funciona.

Lucas: É, aí você sabe, por exemplo, dá onde você vai partir e para onde você quer chegar, que é um fator muito importante, se você vai fazer alguma coisa. Você tem que saber onde você está e onde você vai querer chegar. A gente foi separando em passos, em etapas, começando com o nosso projeto, a gente começou…

Como começar um negócio digital

Davi: Na realidade, a gente montou o site foi em junho… em julho…

Bruno: Do ano passado, 2013.

Lucas: 2013.

Davi: E a gente ficou 6 meses só trabalhando em tráfego, em SEO… Artigos…

Lucas: E criando a documentação, artigos.

Bruno: Mas vocês já tinham conhecimento na área… Vocês já trabalhavam com isso?

Davi: Eu desde pequeno, na informática, e o Lucas…

Lucas: Eu também, estava há mais de 15 anos na área.

Davi: Então, a gente já trabalhava. Ele tem empresa própria aqui, e tal.

Bruno: É, então. Eu estava falando antes com o Martin. No caso dele, ele entrevistou… Ele sabia, mas ele não era “o expert”, ele foi lá e entrevistou outros caras que ele considerava experts para ajudar a criar o e-book dele. Então, é só para mostrar que tem diversas maneiras de criar. Se já tem um conhecimento que gosta, transformar, a gente fala de empacotar, criar um produto baseado naquilo que já faz, que foi como vocês fizeram, diferente dele, que pegou outras pessoas para, digamos, não criar o conteúdo para ele, mas entrevistar e aí ter um conteúdo para vender para as pessoas.

Davi: Você pode ter o conhecimento… Se você tiver o conhecimento na área, já, você tiver, de como eu vi do Meison, do aeromodelismo, ele já mexia com isso, vai se melhor ainda, vai poder criar um produto que vai ajudar mesmo muito as pessoas. Agora, se você não tem ainda, você também pode estudar, entrevistar, como você falou. Pode abranger dos dois lados.

Lucas: O mais importante é você criar o… É algo acho que é até bem interessante, porque até a própria filosofia do Google, que eles falam, é tentar ajudar as pessoas, independente de pensar em receber algo em troca. Eu acho que esse é um fator bem interessante, que eu, particularmente gosto muito no empreendimento digital, bem diferente do empreendimento normal, das empresas…

Trabalhar em casa pela internet

Davi: É, porque, no empreendimento normal, se você não tem lucro, você simplesmente quebra. E lá a gente ficou trabalhando até ter lucro. Então, faz seis meses que estamos aí no comando.

Bruno: Sim, porque os custos para começar são muito baixos. Outra vez a gente até conversou sobre isso. Comparar qualquer empresa física, custo de aluguel, manutenção… se tu tem empresa, sabe como é. Todos os custos de aluguel, manutenção… Equipe vai ter de qualquer jeito, mas mesmo assim, ter um espaço em si, aluguel… É um custo no início do mês que já começou negativo, se não apreender, está pesado. Online tem também, mas é muito menor. Domínio, é R$ 30,00 por ano, ou mais caro. Hospedagem, também, dá para começar com R$ 10,00, R$ 15,00. De início…

Lucas: Não se compara.

Davi: Exatamente, então é só pagar lá, R$ 30,00, R$ 40,00 e começar. Não tem…

Lucas: Isso é o mais importante, é começar.

Davi: É, começar…

Bruno: E vocês começaram com lista, já no início, ou vocês no início trabalhavam mais… Porque vocês falaram que ficaram bastante tempo trabalhando com tráfego, imagino que foi tentando otimizar o site para conseguir tráfego do Google, e eu não sei se no início vocês já trabalhavam com lista, porque hoje eu sei que vocês têm lista. Ou foi depois do meu curso, que daí, vocês começaram, “a gente precisa de uma lista, vamos colocar o formulário de optin no site…”. Como é que foi no início?

Lucas: Isso aí, na verdade, esse ponto que você falou, inclusive é o mais importante do site. Desde o início, como a gente fez primeiro o curso lá, de Empreendimentos Digitais Altamente Lucrativos, depois que a gente fez o curso que a gente criou o site. Então, no curso a gente já aprendeu que, o ideal, onde vem o lucro é a lista. Então, o nosso foco foi claro, sempre trabalhar em cima da nossa lista, só que a gente queria conseguir escrever artigo de qualidade, para conseguir o tráfego orgânico, que é o mais barato, mais difícil de conseguir, mas o mais barato, depois vale a pena a longo prazo.

Davi: Você já está tendo lucro, aí você tem que trabalhar o tráfego pago.

Lucas: Esse tráfego… Aí, o conteúdo, nos artigos todos, e você indica o cara, a pessoa, para se inscrever na lista, que ela vai receber um conteúdo mais exclusivo, tudo para trabalhar a lista, porque a gente sabia que lá na frente a gente ia usar essa lista.

Davi: Mas desde o começo a gente colocou a lista. Já quando a gente foi procurar o template para o site… eu lembro, ainda. A gente pegou, coloquei no Google, lá, “templates otimizados para SEO”, bem basicão, lá.

Bruno: Ah, mas assim que começa. Eu lembro eu colocando, “como é que eu logo na área do WordPress”, que eu não sabia logar.

Davi: É… Eu coloquei lá, achei uma lista de templates, a gente escolheu o template, é esse aqui que já tinha um campo de optin próprio, que era o primeiro template nosso, já tinha um lugarzinho para colocar um manualzinho lá, então, nossa, “é esse aqui mesmo”, a gente já criou começando ali, isso que a gente nem tinha o manual, ainda, mas a gente… daí a gente… que começou… se inscreveram algumas pessoas lá, aí que a gente planejou o manual, que foi o manual da formatação, ai que a gente disponibilizou o manual, como isca digital, que é o que o Empreendedor Digital ensina, você tem que dar uma isca digital para a pessoa dar o e-mail dela, aí a gente dava o manual e eles já recebiam.

Lucas: Essa questão que o Davi falou é interessante para o pessoal que está começando agora. Como a gente não tinha manual, a gente queria a isca. A gente fazia o cara se inscrever, depois que ele se inscrevia a gente falava que estava criando a versa 2.0 do manual para dar tempo da gente criar o manual. Porque o nosso manual deu oitenta e poucas páginas, a gente tinha que escrever ele bem feito.

Davi: Foi bem feito o manual… Porque a gente poderia entregar qualquer isca digital, na verdade. Cada manual de 30 páginas, mas não ia ser aquela coisa, a gente falou, “não, vamos fazer bem feito, para a gente entregar bem feito para essas pessoas”. A gente entregou aquele manual enorme, cheio de dicas, cheio de coisas, bem feito mesmo, gratuito. Poderia cobrar R$ 30,00, sei lá, pelo manual.

Lucas: Inclusive, a gente recebeu vários e-mails depois de pessoas, inclusive de outros donos de lojas virtuais, falando que a gente podia estar vendendo aquele manual, não precisava dar de graça, não sei o que. Mas claro, isso ai a gente sabe que não…

Negócio próprio online

Bruno: Fazia parte da estratégia, né?

Lucas: Faz parte da estratégia de marketing.

Davi: Sim, sim. E aí, a gente conseguiu capturar esses e-mails e levar para o lado da venda, no futuro. Daí, depois de seis meses, e tal, quando a gente criou o site, a gente já queria vender o curso de manutenção, era nossa ideia principal.

Lucas: É, a nossa ideia sempre foi vender o curso de manutenção, desde o início.

Bruno: Que é esse que vocês lançaram em junho, agora?

Davi: É, exatamente. Foi um ano para a gente lançar esse curso. E quando estava para dar os seis meses, a gente, “preciso de dinheiro, estou com meu currículo em cima da mesa, aqui, pai e mãe, ‘vai trabalhar, filho’”, e ao longo, “e agora, como é que a gente vai fazer?”.

Lucas: Ou era empacotador de supermercado, ou atendente de R$ 1,99.

Bruno: As opções disponíveis eram assas.

Lucas: É. Ou empreendedor digital, aí a gente se agarrou.

Bruno: Parecia melhor.

Davi: É, e aí, pegou no R$ 1,99 e empacotou, daí no mercado… “acho que empreendedor digital seria melhor”. Mas isso já tinha, estava trabalhando durante os seis meses, lá. Aí, depois no final, a gente pensou, “precisamos ganhar dinheiro, criar algum produto…”.

Lucas: Precisamos fazer isso gerar renda, na verdade.

Davi: É. Porque a gente estava tendo despesa, até então as despesas eram do Lucas, e a gente não tinha lucro. Aí, surgiu a ideia do CD de instalação do Windows, lá, a gente transformou aqui num pen drive, chip, a gente fez aquele pen drive, nossa, ficamos uma semana, mais de uma semana só trabalhando em cima do pen drive, daí a gente pensou, “cara, esse pen drive vai ser muito massa, dá para cobrar R$ 49,00 ele”. “Não, mas se a gente colocar mais? Vamos colocar mais o Windows 7, vamos cobrar R$ 59,00”. “Vamos colocar mais o Ubunto nossa, vamos cobrar R$ 69,00”. A gente lançou por R$ 69,00 e vendeu, assim, de monte, logo no lançamento.

Lucas: Na primeira semana, eu lembro que toda hora a gente olhava, lá, e tinha um pen drive a mais vendendo.

Davi: A gente fez uma prática de vender durante 10 dias os pen drives.

Lucas: Ah é. A primeira vez. Teve um lançamento de 10 dias.

Davi: E nesses 10 dias, a gente só mandava e-mail para galera, e a nossa lista já estava cheinha, já. Chegou a uns três mil. Uns três a cinco mil, na nossa lista. Tinha bastante.

Bruno: Mas já é um número bom de pessoas na lista.

Bruno: Teria cinco mil contatos interessados no produto que você tinha para vender, tanto que você vendeu.

Davi: É, vendeu 120, não foi?

Lucas: Em 10 dias.

Davi: A gente vendeu 120 naqueles 10 dias. A gente, “nossa, acabou, e agora como é que vai …”

Lucas: Essa questão que você falou, Bruno, é uma questão muito importante. Muitas pessoas pensam que… Até eu, mesmo, antes de conhecer empreendimento digital, pensava que mandar e-mail é, tipo, não vai gerar tanta renda, assim.

Davi: Claro que é lucrativo ter e-mail, ninguém mais liga para e-mail. Aquela coisa…

Lucas: Claro que manda e-mail não gera renda se você mandar um e-mail para o uma lista não segmentada. Então, é aquilo que eu falo, que você… que o empreendedor digital segue, que é o que realmente faz a diferença. A pessoa ter a sua própria lista. Isso aí é fundamental.

Bruno: Sim. Pessoas interessadas naquilo que você tem. Que ela já te falou, “eu tenho um interesse nisso, pode me mandar porque eu quero aprender”.

Negócio de sucesso da internet

Lucas: É. Não são quaisquer cinco mil pessoas.

Davi: Cinco mil pessoas que querem comprar.

Lucas: Não é uma lista comprada, não é uma lista… É aquela lista das pessoas que já te conhecem, que entraram. Então, essa é a importância, que é fundamental para o sucesso. Aí, depois que a gente teve esses lucros, aí foi só dali para frente, começamos comprando outro curso do Bruno com o Henrique Carvalho, compramos…

Bruno: Que foi o Marketing Digital com Resultados.

Lucas: Marketing Digital com Resultados, exato. Aí, a gente começou a estudar mais o curos,  começamos estudar mais, aí a gente começou a bolar o curso de manutenção, desde janeiro desse ano, a gente preparando o curso. Demos o lançamento do curso em junho, aí foi o que alavancou ali as vendas.

Bruno: É, eu vi os resultados, realmente foi bacana, agora. É  legal que agora vai criando, como o Meison, também… eu estava olhando os negócios dele, ele me mandou a planilha dele de, digamos, planejamento de produtos. Então, fez o primeiro, deu resultado, aí vai colocando outro, vai fazendo aquela… a ideia que até eu falo no próprio curso, de fazer outros produtos que a pessoa vai querer, porque ela sempre vai querer aumentar o conhecimento dela, “tá, aprendi a formatar. Como é que agora eu faço a manutenção? Como é que eu otimizo?”, e assim vai.

Só para a gente até não se estender muito aqui no vídeo, tem mais alguma coisa – depois eu já faço o fechamento – mais alguma dica, além do que vocês já falaram aí, das dicas de prestar atenção na lista, de ter uma lista segmentada de interesse, começar também a questão do conteúdo, que é algo que vocês já trabalhavam, e isso facilita bastante na hora de criar um negócio. Se vocês tiverem mais alguma dica, aí, para dar o fechamento aqui para o vídeo, que daí, depois eu faço o “tchau” para o pessoal.

Lucas: Bom, a minha dica de sempre, que eu falo, é a perseverança e acreditar que realmente vai dar certo… não é nem acreditar, mas ter certeza que já deu certo.

Bruno: Sim. Começa a imaginar que já está funcionando.

Lucas: Exatamente. E aí, todas as pessoas vão tentar ir contra você, “ah, esse negócio não vai dar certo. Isso ai é perca de tempo”, etc.

Bruno: Furada…

Lucas: Eu, particularmente, já aconteceu bastante comigo,porque eu já tinha tentado muitas vezes, antes. Antes de fazer o Empreendedor Digital Altamente Lucrativo, eu até, por já trabalhar nessa área, já tinha tentado de diversas maneiras. Não com outros cursos, assim,eu nunca tive confiança suficiente em outro curso, em outro site para chegar e comprar um curso, e realmente me dedicar. Agora, quando eu vi o EDAL, lá, quando eu vi o teu site, de empreendimento digital, me dediquei com aquilo, então eu fiz. Mas eu tinha tentado fazer de outras maneiras, fazendo Google Adsense, fiz o meu site, fiz vários sites, e outro tipo de coisas …

Davi: Não tem visita.

Lucas: Não tinha visita, não tinha tráfego.

Davi: A nossa ideia também, já era criar um blog, a um tempo atrás.

Lucas: É, outros blogs também. Ou então, tentar ganhar dinheiro com Adsense, ganha lá R$ 0,01 por clique, sei lá, nem isso.

Davi: É. E se não tem visita, nem R$ 0,01 você ganha.

Lucas: Esse tipo de coisa que eu acho. Depois de você tentar  tanta vezes assim, as pessoas perdem a confiança em você, “ah, você está perdendo mais uma vez o seu tempo, aí”. Então, eu acho que… isso aconteceu comigo, acho que ser perseverante nesse sentido é importante.

Davi: É. A dica que eu tenho assim é, não dê ouvidos às pessoas que falam que não vai dar certo, essas coisas, igual ao que o Lucas falou. Vai, segue aquela caminho ali, segue direitinho como está sendo escrito que, assim, a chance de dar errado é muito pouca, e quando está dando errado, é porque alguma coisa está errada, você não esta fazendo como deve ser. Aí, você vai lá e revisa, olha de novo, “está aqui o erro”, você vai lá e arruma, que o lucro você vai ter, isso é certo.

Lucas: E o objetivo é sempre tentar… não manter o foco do negócio em lucrar. Manter o foco no negócio, em tentar ajudar o máximo de pessoas possível. E é impressionante hoje, e hoje a gente já tem o negócio vendendo, é impressionante, a gente sabe, que quanto mais a gente ajuda, mais a gente responde os e-mails, mais a gente ajuda as pessoas, realmente… a gente, às vezes manda solução técnica, assim, por e-mail para uma pessoa que nem conhece.

Uma vez eu estava respondendo um e-mail, você está mandando dicas, assim, para ele que eu passaria para mim nos técnicos, mesmo, e está mandando para ele ali, e ele nem conhece. Quanto mais você engaja o público, mais você aumenta a renda, mais você aumenta o negócio.

Davi: É, isso só vai trazer benefício para você.

Lucas: Exatamente.

Davi: Dê essas dicas, não economize em conteúdo, dê o melhor conteúdo que você tiver; escreva bastante, no começou você escrever; trabalhe SEO no seu site sem as visitas, depois que tem as visitas, faz a lista. Depois que você faz a lista, é quando você começa a vender o produto. Daí, é certinho.

Lucas: A lista, o quanto antes você começar, melhor. A lista não tem… Nós temos até o hoje o nosso primeiro inscrito, lá no Mailchimp tem cinco estrelas.

Bruno: É. Eu tenho, às vezes, uns meus também lá, que eu acho inscritos em dois mil e lá vai pedrada, e está lá até hoje recebendo os e-mails.

Davi: Até hoje, se a gente mandar e-mail para ele, ele está abrindo. Então, assim, fidelize também as pessoas que você for ensinar, e ajude… Até no começo, quando a gente fala, quando a gente não estava ganhando nada, ainda, a gente não tinha produto, “e se isso não lucrar, Lucas” – eu falava para ele– “isso está sendo tão massa, tão legal criar… o pessoal agradecendo, que  já está valendo a pena. Esse pessoal, que está nos agradecendo com as dicas que a gente dá sobre formatação e tudo.”.

Ganhar dinheiro na internet

A gente ensina realmente como é que faz, sem cobrar nada, nos artigos e tal. E aí, a gente lança ainda a ferramenta que vai ajudar o cara, e o cara, ele… o prospecto, ele com certeza vai se interessar naquele produto, porque se o teu gratuito é ótimo, e você transmite a confiança para ele, ele já sabe  que você é uma pessoa igual ele, normal, você não é ninguém, não é especial. Então, tem aquela história, e com certeza ele vai comprar o seu produto.

Lucas: Vai se identificar.

Davi: Vai se identificar e não vai ficar sem comprar. E se tiver uma carta de vendas, melhor… Trabalhar a tua squeeze page, fazer tudo como manda o script.

Lucas: Uma outra dica, rápida, de repente para o pessoal, é não se preocupar muito em… que na verdade, isso foi uma preocupação minha e do Davi, nossa, no início, que é… como eu, por exemplo, eu tinha empresa, eu tinha muito aquele foco de querer fazer um negócio empresarial, fazer aquele layout empresarial, fazer aquele negócio mais voltado para empresa, o atendimento resposta dos e-mails, os artigos, escrever aqueles artigos com aquela linguagem mais exata, com aquela linguagem…

Bruno: Chata.

Luca: É, aquela linguagem chata, que às vezes eu falo. Então, quando a gente começou, o meu foco era não fazer isso. Eu vi que era errado. Depois que eu assisti o curso… porque é importante fazer  curso antes? Se a gente começa antes de fazer o curso, a gente já começa tudo errado. A gente fez o curso, então a gente começou realmente certo. O meu foco era manter o mais pessoal possível, para tentar manter, aproximar o público.

Davi: Como, inclusive, nos foi ensinado pelo mestre Bruno, aí, a manter o negócio pessoal.

Lucas: É. Tentar manter o mais pessoal possível para poder aproximar o máximo o cliente, o visitante de você. Isso aí é bem importante.

Bruno: Bacana. Agradeço, mesmo, porque são várias experiências que hoje vocês já passaram, a gente acaba vendo, mas no inicio parece tudo uma confusão, não é tão claro como hoje, que parece, “isso é verdade, é assim que funciona”. Então, isso faz bastante diferença para quem está começando, e eu tenho certeza que vai ajudar.

Bom, só agradecer ao Davi e ao Lucas, por terem participado e falado aqui com a gente um pouco sobre os seus resultados, porque eu sei que tem muita gente aí tentando, e, às vezes, não acreditando que é possível… Mas tem o … estão aí, eles, o Meison, o Matin, para mostrar que pode, e caso você tenha interesse em saber um pouco mais sobre o curso que eles fizeram – um dos que eles fizeram – é o Empreendimentos Digitais Altamente Lucrativos, que você pode visitar www.empreendimentoslucrativos.com.br, que esse que é o meu curso de A a Z, realmente mostrando como criar um negócio online, assim como eles fizeram, desde a parte de conseguir o tráfego, criar a lista, e depois criar o produto e colocar à venda no seu site e depois expandir dali.

Acredito que vamos fechando por aqui. Se quiserem dar o último tchau para o pessoal, daí depois a gente fecha o vídeo, e a gente se vê numa próxima.

Gostaria de saber mais sobre como ter seu negócio 100% online mesmo que você ainda trabalhe em outro emprego e mesmo que você nunca tenha criado um site na vida??

Então eu recomendo que você dê uma olhada nisso AQUI.

Esse é o treinamento oficial aqui do site chamado Férias Sem Fim. Nele eu mostro, passo a passo, o exato mesmo sistema que eu e centenas de outras pessoas usam para criar seu negócio online.

Foi ele inclusive que me possibilitou ganhar de R$ 3 a 20 mil reais em apenas 90 dias. Sim, com um negócio novo criado totalmente do zero.

Saiba como isso aconteceu nesse link aqui.

 

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+