Como Fazer Dinheiro Online

como fazer dinheiro online“É possível fazer dinheiro online?” talvez seja uma das perguntas que estão passando pela sua cabeça neste exato instante. Eu também tinha milhões de dúvidas quando comecei Não se preocupe, isso é normal. O importante é o que fazer com estas dúvidas. E melhor ainda, como rentabilizar estas dúvidas. Para esclarecer muitas das perguntas, digamos mais básicas, escrevo este post abordando de maneira geral o que é e como se ganha dinheiro pela internet.

Quando comecei eu não sabia nem como rentabilizar um site! Não tinha a mínima ideia O tempo foi passando, eu fui estudando, estudando e estudando e hoje tenho uma boa noção de como se ganha dinheiro na internet. Bom, minha principal fonte de renda hoje é proveniente dos meus negócios e propriedades on-line. Posso trabalhar de onde bem entender e quando bem entender. Com isso em mente criei este blog para ajudar mais pessoas a conquistarem a mesma liberdade que consegui.

Nota: não estou dizendo aqui que você não irá nunca mais trabalhar e ganhará dinheiro sem fazer nada.

Não.

O que estou dizendo é que você terá LIBERDADE para escolher se assim o fará.

E sinceramente, você também irá perceber como eu percebi, quando você chegar lá que não trabalhar e não fazer nada na verdade é chato. Você quer trabalhar sim, mas nas coisas que lhe deem prazer e satisfação. Mas chega de conversa fiada e vamos ver logo o que significa o termo ganhar dinheiro extra on-line.

Como ganhar dinheiro on-line

Há tantas maneiras de se fazer dinheiro on-line que fica até um pouco difícil começar. Tentarei focar as explicações aqui no que eu pretendo ensinar neste blog como a maneira que eu achei para se ganhar dinheiro em casa.

Por exemplo, o modelo de sites que você aprenderá aqui NÃO É algo do estilo Google, Facebook, Orkut, ou qualquer outra rede social. Estes estão acima do meu conhecimento e por ora, não são meu objetivo. Por ora …

brunoogle

Submarino, Saraiva, Netshoes também não serão os modelos a serem seguidos – por ora novamente – com o que estarei ensinando aqui. Apesar de se tratar de um comércio eletrônico na forma mais pura, estes são lojas com uma quantidade de recursos que nós meros mortais – ainda – não temos acesso. Não que uma pessoa física não possa criar um site completo de e-commerce. Bem pelo contrário. Hoje há diversas ferramentas que lhe ajudam com poucos recursos e tempo, a montar seu próprio site para a venda de produtos. Eu não estou utilizando este modelo no momento pois achei outros que acredito ser mais fácil e de maior controle do que lojas e-commerce.

Qual é o modelo que eu uso

“Deve ser blog!”

Não exatamente. O modelo que utilizo não são blogs exatamente como você conhece. Este por exemplo é um blog. Os sites que geram minha renda mês após mês, apesar de terem alguma semelhança com este, não são blogs. Por que não blogs? Porque os sites que crio utilizo técnicas de otimização de sites para que estes tenham maior parte do acesso provenientes dos mecanismos de pesquisa como Google, Bing, Yahoo, etc.

Dito isto, os sites em sua grande maioria são sim feitos em plataformas de blog como este, WordPress. Alguns sites eu deixo comentários ativados, outros não, ai vai depender um pouco do estilo do site que estou criando no momento e de quanto tempo pretendo ficar em cima de cada um (porque geralmente comentários = mais tempo de manutenção para responder e moderar comentários). Mas não se preocupe se agora não está muito claro pois depois irei mostrar passo a passo, com exemplos, de como será montado os sites.

Utilizo este modelo pois assim consigo um tráfego “gratuito”, orgânico e altamente direcionado aos produtos que promovo. Por exemplo, qual é a chance de intenção de compra que você acha que alguém que digitou a pesquisa “nike shox barato para vender” no Google, tem de realmente comprar o tênis? Eu diria bastante alta. E se ele achar o seu site ao digitar este termo, as chances de ele clicar num dos seus links de afiliados e comprar o tênis são grandes.

“Links de afiliado!?”

Agora começo a explicar um pouco melhor como se ganha dinheiro on-line e você verá que depois de entender, você começará a entender porque muitas vezes você acaba caindo em alguns “sites estranhos” e porque eles apresentam designs “mais estranhos ainda”. Perceberá que nada é por acaso e que os seus passos foram calculados por alguém para que você chegasse naquela exata página.

Para se ganhar dinheiro na internet – ao menos no modelo que eu estarei lhe ensinando – criaremos sites focados em determinados tópicos que temos a possibilidade de rentabilizar. Quais tópicos e como será explicado futuramente, passo a passo. Por ora basta saber que os sites serão bem específicos como “Cadeiras para escritórios” ou “Meias Para Anões”. Poderá também não ter produtos físicos, mas sim ebooks e cursos como os nichos de Psicologia, Finanças, Educação, etc. O importante será escolher um tema sobre o qual o seu site tratará.

“Mas e aí!?”

O que acontece é que você estará vendendo “espaço” no seu site para anunciantes. Mas esta venda não precisa ser negociada diretamente com eles. Com um exemplo acredito que as coisas ficarão mais claras.

Vamos supor que você cria um site sobre “Meia para anões”. Sim, você é estranho e criou um site de meia para anões. Lá você fala como meia para anões são menores que meias normais, como você também nunca foi a um enterro de um anão, etc. etc. e lá pelas tantas, você coloca o seguinte link:

Clique aqui para ver os melhores preços em “Meia para Anões” no Submarino

* Nota: digitei “meia para anões” no Submarino e olhá o que aparece.
* Nota 2: este link está “limpo”, sem meu código de afiliado pois este site ainda não foi aprovado pelo Submarino para conter links de afiliados. Não se preocupe com isto. Ficará mais claro no futuro. Olhe as imagens abaixo e logo você entenderá a diferença entre um link sem nada, normal por assim dizer, e um com um cookie de afiliado.

Ao clicar ali você será direcionado para a página do Submarino com o produto em questão em detalhe. O que acontece é que neste link tem um detalhe que faz toda a diferença do mundo: o seu id de afiliado. Veja a diferença entre os dois links:

link ficha limpa

nem os links se salvam nesse país!

 

Ambos links vão cair na mesma página, mas aquele pequeno detalhe marcado no final do link é que faz toda a diferença do mundo.

O que esse detalhe significa? Esse código de “franqueado” diz ao Submarino no momento que a pessoa que clicou no seu link no seu site o seguinte:

“Olha só, eu que indiquei o fera aí, então se ele comprar algo de vocês eu quero receber uma comissão da venda … sacou?”

Basicamente, é isso. Você atua como um corretor on-line onde ao invés de fechar o negócio diretamente com o cliente para depois repassar para a loja, você indica os produtos recomendados através de links. A vantagem disso sobre um corretor normal, é que o mesmo artigo que você escrever somente UMA VEZ, poderá ser lido MILHARES de vezes por MILHARES de pessoas no decorrer do tempo. Começou a entender o poder da internet e porque você tem uma vantagem enorme sobre um corretor normal? Além de você ter a possibilidade de um esforço seu de uma única vez lhe render por muito e muito tempo, o seu alcance é muito maior e o melhor, você nem precisou tirar seu pijama pra fazer isso!

Talvez você até já tenha usado links desse jeito quando você clicou em algum site e você nem sabia que alguém estaria ganhando comissão. Isso é normal e a maioria das pessoas não sabem o que é um link de afiliado. Bom, nem eu sabia direito o que era quando comecei! E devemos usar este fato para nossa vantagem para aumentar nossos rendimentos. Como? Isso será mostrado conforme o blog for crescendo, mas pode ter certeza que você aprenderá tudo – ou quase tudo – que precisa para se ganhar dinheiro na web.

“É só isso?”

Sim e não. O “sim” porque as pessoas tendem a complicar o que não precisar ser complicado. Parece que para algo ser válido e realmente funcionar, o mesmo tenha que ser complexo, mirabolante e de conhecimento de poucos! Mentira. Geralmente as coisas mais simples são as que funcionam melhor. Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, sempre fala da simplicidade das suas escolhas, como ele escolhe empresas para investir que até uma criança entenderia como a empresa funciona.

O “não” porque nesse processo começa a entrar muitos outros fatores para criação, publicação, escolha de nicho, escolha de produto para promover, etc. etc. Mas o básico é isso:

Escolha do nicho > Criação de site > Venda de espaço publicitário (links, banners, etc.) > Comissão > Trabalhar na praia

Claro, existem milhões e milhões de maneiras de se ganhar dinheiro na internet, com blogs, etc. Há inclusive maneiras que ainda nem existem e provavelmente vão aparecer com o passar do tempo. Mas, não precisamos complicar algo que é simples. Vamos primeiro aprender a fazer as coisas do jeito mais simples para depois começarmos a complicar as coisas …

Por ora é isto.

Ah, se puder, me ajude e deixe um comentário ai embaixo 😉

Até o proximo post.

Abraços.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+