Como Lidar Com Críticas… E Até GOSTAR Delas!

Já adianto:

Críticas serão inevitáveis.

Se você fizer coisas boas… você será criticado.

Se você fizer coisas ruins… você será criticado.

Se você não fizer nada… você TAMBÉM será criticado.

Então o segredo não é eliminar elas, mas sim aprender a lidar com elas!

Descubra como hoje nesse vídeo.

Você pode também escutar esse vídeo no Podcast oficial do Empreendedor Digital:

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

Como Lidar Com Críticas… E Até GOSTAR Delas!

Opa! Bruno Picinini por aqui. No episódio de hoje quero te ensinar algumas dicas de como lidar com críticas no seu trabalho. Na verdade, não só no seu trabalho, porque não importa o que você fizer na vida, vai ter alguém te criticando – faça uma coisa boa ou ruim.

Dizem que a única maneira de não ter esses haters que adoram nos idolatrar é não fazer nada. Mas hoje isso nem é suficiente, porque se você não fizer nada, vão te xingar de vagabundo, falarão que você não está fazendo sua parte, que você não dá bola para as coisas…

Já entenda isso logo de cara. Tenho uma dica principal e uma outra dica. Coloque no seu mindset que críticas são completamente inevitáveis. Faça o que você quer fazer. Se você fala bem, fala mal, se você é vermelho, azul, esquerda, direita… Vai ter sempre alguém criticando.

É da natureza do ser humano. Acho que com as redes sociais, as mídias sociais e a internet… As pessoas estão tão protegidas por aquele anonimato da internet, que elas se sentem ainda mais no direito de xingar.

É incrível como uma pessoa que jamais falaria aquilo na sua cara, fala tudo e mais um pouco na internet. Todo mundo é “machão” e adora criticar.

Não estou dizendo para você ignorar completamente as críticas. Há críticas construtivas que podem vir a ajudar seu trabalho. Muito provavelmente algumas dessas vão te ajudar, até mais do que elogios. Você entenderá o que está fazendo de errado e poderá melhorar seu trabalho. Mas tome cuidado para não deixa-las te afetar tanto.

A segunda dica seria o fato de que o número de críticas também não é algo que você deva prestar atenção para decidir se aquilo que você está fazendo está certo ou errado.

Um belo exemplo é entrar no site da Amazon. Procure o livro “50 Tons de Cinza”. Na Amazon dos Estados Unidos, “50 Shades of Grey”. Dê uma olhada nas reviews daquele livro. É ridículo.

A maior parte está xingando o livro como se ele fosse a pior coisa da história. É muita gente xingando o livro. Mas chute qual é um dos livros mais lidos e um dos filmes que mais deu bilheteria nos últimos anos?

Eu falei no outro vídeo sobre porque você deve ofender algumas pessoas no seu marketing. O bom marketing é naturalmente polarizado. Você terá fãs e haters. Se você não tiver nenhum dos dois, é pior. É melhor que você tenha fãs fervorosos e haters fervorosos. Isso é um bom sinal.

A dica principal é de como eu encaro críticas e recomendo que você encare críticas. Inverta o frame do que são críticas. Não é algo inerentemente errado de você como pessoa. Talvez alguém em algum lugar esteja com a vida ruim e precisa descontar em algum lugar.

Segunda parte. Mesmo as pessoas que não têm uma vida de merda e estão realmente te criticando porque não gostam do seu trabalho… Isso pelo menos significa que você está fazendo um bom marketing a ponto de alcançar pessoas que te odeiam tanto assim.

Não é só um frame, mas uma medida de sucesso do quanto as pessoas te odeiam. Se você conseguiu falar alguma coisa e prender a atenção da pessoa o suficiente para ela te odiar tanto a ponto de te xingar no Facebook, YouTube… Pelo menos alguma coisa você está fazendo bem.

Ou você está anunciando direito… Você está aparecendo na frente das pessoas e por mais que elas dizem que não gostem, ao menos você conseguiu chamar a atenção delas… A ponto de elas olharem e criarem uma base suficiente para te xingar. Muita gente nem isso consegue.

Isso é um sinônimo de que seu trabalho está tendo alcance. Você está chegando em algum lugar. Você está influenciando pessoas para o bem ou para o mal. Naturalmente aparecerão pessoas que não gostam de você ou do seu trabalho.

Não interessa o motivo. “O Bruno agora está com a barba por fazer. Não gosto disso, então ele que vá a merda. O Bruno tem essa cara de idiota e não gosto. Ele tem o dente grande. Tem o dente pequeno. Cortou o cabelo. Não cortou o cabelo. A camiseta dele é muito cinza nesse vídeo e não gostei.”

Não interessa. As pessoas às vezes vão inventar motivos para te xingar ou xingar seu trabalho – ou porque elas não gostam das vidas delas ou porque elas realmente não gostam de você e vão tentar achar uma válvula de escape.

Use isso a seu favor e meça. Tem um comediante… Não lembro se foi o Bill Cosby… Eu falei de ofender as pessoas com seu marketing… Mas se você não tiver alguém te xingando e te criticando todos os dias, talvez seja um indicativo de que você não esteja fazendo um bom trabalho.

Ou seu marketing não está polarizado, falando com as pessoas certas com as quais você deve falar, ou você simplesmente não tem o alcance suficiente ainda.

Outro dia eu estava lendo sobre o Gandhi. Gandhi, Madre Teresa de Calcutá… Essas pessoas que são almas boas desse mundo… Você encontrará uma galera enorme de haters para cima deles.

Se nem o Gandhi conseguiu, que esperança eu e você temos de não termos haters? Então, já inverta o frame. Entenda que você fazendo o bem, o mal ou nada, você vai ser criticando. Use isso como uma medida de sucesso.

Quanto mais críticos fervorosos você tiver, significa que seu trabalho está tendo um bom alcance e que você está polarizando a mensagem. Óbvio que se você não estiver vendendo nada no seu negócio, aí tem alguma coisa estranha.

Mas se você vê que tem tanto fãs quanto haters, isso é um bom sinal de que seu marketing está num ponto saudável de colocar a mensagem certa, no lugar certo para que as pessoas vejam e decidam se gostam ou não de você e de seu trabalho.

Essa era a dica que eu queria passar para você hoje. Se você gostou, pode assinar o canal clicando num dos botões. Aí você receberá notificações de todos os próximos vídeos que eu postar.

Você pode também clicar no joinha se você gostou desse vídeo. Deixe um comentário abaixo se você tiver qualquer dúvida ou sugestão de pauta para os próximos vídeos.

Por último eu recomendo que você dê uma olhada no meu livro recém lançado: Férias Sem Fim, Trabalhe de Qualquer Lugar, Saia de Férias Quando Quiser e Conquiste a Sua Liberdade Financeira. Você pode ver em FeriasSemFim.com/livro ou num dos links logo abaixo deste vídeo.

Vou ficando por aqui um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+