Cuidado Com a Procrastinação Criativa – Ela Vai Comer Toda Sua Produtividade

Já teve a sensação de ter trabalhado o dia inteiro… pra no final parecer que não fez nada?

Talvez seja culpa da procrastinação criativa.

Assista e veja o que você acha.

Cuidado Com a Procrastinação Criativa

Opa! Bruno Picinini por aqui, autor de fundador do projeto Férias Sem Fim. No vídeo de hoje quero te passar dicas para você cuidar da procrastinação criativa. Se não me engano, esse termo “procrastinação criativa”, pode ser usado para o bem.

A procrastinação é ficar enrolação algo que você sabe que deveria fazer e não faz. Já ouvi pessoas falando que é possível fazer isso de uma maneira criativa para bolar ideias ou organizar algumas coisas.

Mas a procrastinação criativa da qual quero falar aqui é de um outro tipo, que é muito perigosa para os nossos negócios – sejam negócios online ou offline, mas geralmente me refiro a negócios online porque é do que meu projeto Férias Sem Fim trata (FeriasSemFim.com).

Quando temos muitas atividades para fazer num dia, algumas delas são mais ou outras menos importantes. Algumas são mais urgentes e outras são menos urgentes. Existem diversos sistemas que servem para você julgar as atividades de acordo com esses critérios. Dependo da sua ordem, você escolhe qual você fará primeiramente.

Isso funciona até um certo ponto. O problema é que se você é dono do seu negócio e responsável por botar o dinheiro nas contas, essa classificação engana um pouco. Algumas atividades podem não ser tão urgentes, mas são mais importantes para seu negócio. Geralmente essas vão envolver atividades que geram dinheiro.

Então, quando estou preparando para começar meu dia, sempre tento categorizar as atividades não por importância. Na primeira camada eu coloco as atividades que vão me gerar renda diretamente e aquelas que não vão me gerar renda diretamente.

Exemplos de atividades que vão me gerar renda diretamente: criar um anúncio… Criar um produto não vai gerar renda diretamente, mas sim a venda dele. Só melhorar o produto por si só não vai gerar renda – o que vai gerar renda é trabalhar no marketing e nas vendas dele online ou offline. Essa é uma importante diferença, mas vale a pena ser mantida em mente, justamente pelo objetivo desse vídeo.

Não podemos cair na armadilha da procrastinação criativa – quando fazemos várias tarefas que parecem úteis, importantes e urgentes, mas que no fim do mês não trazem um fluxo de caixa. Sem fluxo de caixa, sua empresa não se mantém em pé.

Vou voltar aos exemplos de atividades que realmente geram renda: criar anúncios, criar conteúdo… Depende do tipo de conteúdo, se for um conteúdo que agrega nada, não adianta. Se ele não leva para um funil, também não leva a nada. Desenvolver uma importante parceria. Otimizar seu funil. Otimizar os emails do seu funil. Ajustar a conversão de boletos. Otimizar campanhas.

Um anúncio é praticamente direto. Ao longo do tempo, com acertos, ele vai gerar renda. Mas todas essas atividades pouco a pouco direcionam para que seu funil gere renda.

Existem atividades que não geram renda, como limpar sua caixa de entrada, organizar seus arquivos, organizar algum contato que você tinha que fazer, organizar alguma coisa no servidor. Têm sempre um monte de tarefas administrativas que acabam aparecendo e, se você deixar, elas acabam tomando todo o seu tempo. E aquelas atividades realmente importantes do ponto de vista de um negócio não vão ser feitas.

Na hora que você for priorizar suas tarefas, você terá que levar em consideração outras coisas. “Passar tempo com seus filhos” não gera renda, mas precisamos de qualidade de vida e tempo de qualidade com nossa família. Não é para exagerar. Você tem que separar assim. Mas quando for priorizar as atividades do negócio, vale a pena dividir o que gera renda e o que não gera renda.

Eu prefiro fazer pela manhã as atividades que me geram renda. É o tempo que eu produzo melhor. Eu também gosto de saber que eu acordo e já vou me dedicar àquilo que vai avançar meu negócio. Se acontecer alguma coisa e eu quiser sair durante à tarde, eu já vou ter feito as atividades que avançaram meu negócio, como conteúdo que traz um tráfego orgânico ou uma campanha de Adwords que vai no futuro possivelmente gerar renda.

Aí eu deixo todas as tarefas administrativas para tarde, como responder emails, retornar ligações, marcar reuniões, o que for. Se você fizer o inverso e começar com as tarefas administrativas de manhã… Dependendo de como seus picos de energia se organizam você vai desperdiçar toda a sua melhor energia no início, e quando chegar nas atividades realmente importantes, a sua energia mental e física já vai estar gasta – aí você não fará com a mesma empolgação.

Mas isso sou eu. Tem gente que consegue se concentrar às 10 da noite. Cada um tem seus hábitos. Eu não acho um bom hábito se acostumar a trabalhar sem à noite porque nosso corpo está acostumado a estar acordado durante o dia – isso tem a ver com como o corpo evoluiu ao longo do tempo.

Eu rendo mais de manhã. Eu tento focar minhas atividades principais de manhã e deixar a tarde para as tarefas mais administrativas.

Cuidado na hora de separar as atividades, para não confundir estar ocupado com ser produtivo (o Tim Ferris fala bastante disso). Você pode passar o dia inteiro fazendo atividades que parecem ter agregado alguma coisa… Trocou o layout, trocou a fonte, trocou a cor, organizou os emails, organizou os arquivos, limpou a mesa… Fez um monte de coisa.

No fim do dia você olha as atividades que fez e se pergunta: quais dessas vão trazer renda (fluxo de caixa) diretamente para meu negócio? Essa que vai responder se seu negócio avançou de verdade. É essa que vai dizer se você estava simplesmente ocupado ou se você estava realmente sendo produtivo fazendo coisas que avançam seu negócio para dar todos aqueles resultados que você quer.

Essa era a dica que eu queria te passar hoje. Se você gostou desse vídeo, pode clicar num joinha abaixo. Você também pode se inscrever e assinar o canal para receber uma notificação de todos os próximos vídeos que eu postar.

Caso você precise de ajuda para criar seu negócio online, você pode ver como eu e tantas outras pessoas (clientes e amigos) fizeram usando o treinamento que eu tenho em FeriasSemFim.com. Você poderá participar do nosso treinamento online gratuito. Veja um pouco mais sobre a comunidade que temos online.

Era isso que eu queria passar por hoje. Vou ficando por aqui. Um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+