O Que Me Levou Ao Meu 1º Milhão

Postei um vídeo interessante a um tempo atrás.

Nele passo 6 dicas de como cheguei ao meu 1º milhão com apenas 31 anos de idade.

E a recepção foi bem bacana. A você e todo pessoal que me acompanha aqui, agradeço de verdade! Meu trabalho só existe porque você está aqui junto.

Até porque quando o assunto é dinheiro, sempre temos que ter cuidado.

Agora, dentro de todos comentários, houve um interessante e que eu já esperava. Veja se você concorda:

Os 2 pontos mais importantes:

  • “Dinheiro é consequência de um bom trabalho é clichê.”
  • ”Não conheço ninguém que empreenda por amor.”

O que você teria a dizer a ele?

Você concorda com o que ele tem a dizer?

Você que me acompanha aqui provavelmente já sabe minha opinião sobre esse comentário, certo?

É triste.

De verdade.

É triste ver alguém que, pela educação e ambiente que cresceu, pensa assim.

Talvez nem seja culpa dela.

Talvez se você ou eu fôssemos criados sobre as mesmas condições, pensaríamos igual? Quem sabe.

Óbvio que eu quero ajudar e faria o que fosse possível para indicar um caminho melhor. Mas só posso ajudar quem quer ser ajudado. E algumas vezes a pessoa está tão pra lá da realidade, que é difícil trazer de volta.

Agora, mesmo com um comentário assim, é interessante analisar do ponto de vista psicológico o que acontece não só na cabeça dele, mas também na nossa

Quando ele diz por exemplo:

”Não conheço ninguém que empreenda por amor.”

Será que isso significa então que ninguém absolutamente em nenhum lugar do mundo faz isso?

…ou é só porque no círculo dele não há ninguém assim?

Lembre-se: você é a média das 5 pessoas que você mais convive.

Se você tem 20 amigos prontos pra sair fazer festa e encher a cara, mas nenhum pra fazer uma parceria de negócios… bom… talvez esteja na hora de você rever suas amizades.

Não é a toa que eu criei uma comunidade pra ajudar com isso.

Porque sei que não é fácil encontrar pessoas com o mesmo mindset para crescermos juntos.

Agora o outro comentário é até mais interessante:

“Dinheiro é consequência de um bom trabalho é clichê.”

A verdade—até como vou falar nessa palestra online aqui —é que realmente,no meu caso específico o dinheiro foi consequência de um bom trabalho. E de tantas outras pessoas também.

Agora isso não é uma verdade absoluta.

A verdade é que o dinheiro não está nem aí pra mim, pra você, ou pra qualquer pessoa. Ou pro trabalho e esforço que você coloca.

O dinheiro irá onde tem que ir.

Eu prefiro apostar em um bom trabalho. Porque é o caminho que eu conheço e de melhores resultados.

No entanto, há inúmeros casos aí fora onde muita gente ganhou muito dinheiro não fazendo um bom trabalho.

E nem sendo pessoas de boas índoles…

Nem honestas…

E nem pessoas que tratavam bem as outras pessoas.

Porque, de novo: o dinheiro não dá bola para isso.

Sim, são princípios e fundamentos que eu acredito e prego. Mas ao mesmo tempo eu tenho bem claro que não é só porque eu sou uma pessoa honesta e trabalhadora que obrigatoriamente o dinheiro vai seguir.

Essa é uma armadilha que muitos caem.

Essa e junto com a tal “faça o que você ama e o dinheiro vem atrás.”

Talvez ele não venha.

E aí… o que você faz?

É por essa e tantas outras que eu tinha decidido criar uma nova palestra especial com o título:

O EMPREENDEDOR MILIONÁRIO

“O Segredo Que Somente 0,13% Dos Empreendedores Conhecem E Usam Para Chegar Ao Seu Primeiro Milhão Partindo do Zero”

Nela eu revelo algumas das lições que aprendi como empreendedor ao longo da minha jornada.

E também o que considero o segredo por trás dos meus resultados e de tantos parceiros que acompanhei e cresci junto.

Caso você tenha interesse em participar, basta clicar agora aqui nesse link e anotar seu e-mail, para se inscrever para a palestra.

Assim quando a palestra for começar, eu te aviso por e-mail para você acompanhar!

Um grande abraço e uma ótima semana.

–Bruno

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+