Negócios Pela Internet: O Meu Maior Erro – E Como Você Pode Evitá-lo

Erros são normais. Dizem que os melhores só são os melhores porque erraram mais que todo mundo. E eu realmente acredito nisso. Ainda assim, há alguns erros que são mais … digamos … especiais. Este com certeza é um. Talvez até você esteja fazendo o mesmo erro. Talvez é ESSE erro que está impedindo de ter o sucesso que você queria ao criar bons negócios. O sucesso que você MERECE.

 

>> Clique AQUI para ver o site que eu falei no vídeo

Os melhores negócios também falham

Muito bem. Estamos novamente aqui diretamente das Filipinas, gravando um vídeo novamente para a gente poder conversar e falar um pouco mais sobre um dos meus assuntos preferidos, senão o assunto preferido: “Marketing e Empreendedorismo Digital”.

Neste vídeo de hoje, eu quero falar um pouco mais sobre o que eu considero um dos maiores erros que eu cometi quando eu comecei, digamos, essa aventura de criar os meus negócios pela internet, como ganhar dinheiro na internet. Eu e muitos dos meus amigos cometemos o mesmo erro e, de repente, você está seguindo pelo mesmo caminho e esse vídeo poderá ajudá-lo.

Então, meu nome é Bruno Picinini, sou autor e fundador desse site aqui onde você está vendo este vídeo, que é o “EmpreendedorDigital.Com”. Se você está vendo este vídeo no Youtube, não é esse o meu site, o meu site é “EmpreendedorDigital.Com”.

E para eu poder falar um pouco mais sobre esse “erro” que eu cometi quando iniciei, eu tenho que falar um pouco mais de como geralmente a gente começa a nossa aventura tentando descobrir como ganhar dinheiro online. De repente, você até passa por algo parecido, ou já passou, que, quando a gente começa, desde aquela primeira vez que a gente digita no Google “como ganhar dinheiro online”, “negócios on line” a gente se depara com uma quantidade de informações enorme. São tantos métodos, jeitos, práticas, SEO, Adwords, Facebook Ads, vídeos e assuntos, nichos, mercados… Enfim, é tanta coisa que é muito fácil a gente ficar muito perdido e não te certeza do que fazer.

Geralmente o que acontece é que nós tentamos diversos métodos aí de repente achamos uma pessoa, na qual confiamos, tem ótimas ideias de negócios e percebemos que essa pessoa tem o melhor dos interesses, a pessoa quer nos ajudar, quer realmente agregar valor na nossa vida e então passamos a seguir aquela pessoa, seja pelo blog dela, site em que ela fala, curso, etc. Então, tentamos o método dela em si e vemos algum resultado, mas não tudo aquilo que esperávamos. Bem longe dos resultados que foram prometidos – e nem estou discutindo se a pessoa realmente tinha um curso bom ou ruim, se tinha a melhor das intenções… Não interessa. Aí, talvez comecemos a pensar “Acho que esse não é o jeito certo. Essa deve ser outra pessoa que está tentando me enganar. Não deve ser a melhor maneira. Vou buscar novas informações.”.

Então, você vai lá, procura mais informações, acha outras pessoas, começa algumas discussões, frequenta alguns fóruns… E de repente encontra alguém que diz que o que você fazia não era a melhor maneira, e que o jeito certo é o jeito dele. E então você segue essa nova maneira. Novamente, essa segunda pessoa, independentemente se está falando a verdade e tem a melhor das intenções – para esses dois exemplos, vamos supor que as duas pessoas tiveram realmente bons resultados e querem lhe ajudar e realmente são pessoas do bem. Considerando isso, porque você não teve resultados? Se as duas pessoas estão tentando lhe ajudar e realmente têm métodos bons?

O que acontece é que, no início é tanta informação – não é tão fácil começar assim um negócio online, fazer funcionar do nada – que a maior verdade é que não é que o método “A” ou método “B” era o certo, e sim que você não deu tempo ao tempo, não se dedicou a um dos métodos, até que ele realmente pudesse funcionar. Porque verdadeiramente, a maioria dos métodos que estão por aí, se vai usar Facebook, Adwords, site, não site, blog, não blog, pode funcionar. Eu, por exemplo, prego que blog não é uma boa maneira de se começar um negócio online, apesar de ter os seus propósitos depois, eu não gosto, não recomendo, mas eu sei que há pessoas que obtiveram resultados assim. E a verdade é que ambos podem funcionar. Tudo é questão de escolhas para termos negócios lucrativos, como você faz funcionar, e tudo mais.

Esse foi um erro que eu cometi bastante quando eu comecei. Tentava Adsense, afiliados, produto próprio, tráfego pago, tráfego com SEO, tentava todos os jeitos, post viral, vídeos… E depois não sabia por que não funcionava. É que, geralmente, os resultados são exponenciais. Começa devagar, aí você vai aprendendo um pouco, começa a melhorar. Depois chega um ponto em que cresce mais e mais e fica mais fácil. Mas para chegar nesse ponto, é preciso dar tempo ao tempo.

Então, se eu fosse recomendar um método, seria começar com o mail log, que não é blog. Se você não tem dinheiro para tráfego pago, que realmente é um tráfego muito bom, porque você pode investir mais se você achar um tráfego pago muito bom, o retorno será proporcional… Mas começando pode ser com um tráfego gratuito, e desenvolvendo o seu produto próprio. Essa é a maneira que eu recomendo que eu acho que dá melhores resultados em curto e longo prazo. Significa que é o único método? Claro que não. Você pode tentar com afiliados, Adsense, e todos podem dar resultados. Mas o que eu recomendo, para que você não cometa o mesmo erro que eu cometi quando comecei, escolha um método que realmente foque – e eu até não me importo, não estou aqui para dizer “não, você tem que escolher o meu método, o meu curso”.

O meu jeito não é o único jeito certo. Se você encontrar outro método, que lhe agrada mais, que parece que é mais adequado a você, faça, sinta-se a vontade. O que eu mais quero é que você não perca o seu tempo e o seu dinheiro, tentando mais uma vez outro método. Foque em um, até pelo menos você sentir e ganhar aquela confiança de que, agora está tendo algum resultado e realmente você sabe o que está fazendo. Eu garanto que é muito melhor do que tentar várias alternativas, e depois descobrir que não funcionam.

Espero que esse vídeo tenha lhe ajudado. O erro discutido aqui foi um dos maiores que eu cometi no início da minha carreira e também o de muitas pessoas que eu conheço. Espero que isso lhe ajude, independentemente do caminho que você escolher.

Muito obrigado pela sua atenção e agente se vê, em um próximo vídeo. Até breve!

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+