O Fim do Inbound Marketing … E O Que Está Funcionando Agora

Chegamos ao fim de uma era… ao fim do Inbound Marketing.

Isso vai causar grandes mudanças no mercado.

E se você não estiver preparado, você pode se dar mal.

Saiba o que está funcionando hoje nesse vídeo.

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

O Fim do Inbound Marketing… E O Que Está Funcionando Agora

Opa! Bruno Picinini por aqui, autor e fundador do projeto Férias Sem Fim. No vídeo de hoje quero falar sobre o fim do inbound marketing. Não sei se você conhece esse termo, mas ele é muito importante. Se você não conhece, já vai entender o que ele significa. Além disso, você saberá o que fazer com o fim dele para crescer seu negócio.

Vamos começar falando diretamente do fim do inbound marketing. Esse é um vídeo/revolta/protesto/manifesto sobre essa história. O inbound marketing é aquele marketing no qual a gente em vez de fazer anúncios ou chamar a atenção das pessoas para tentar atraí-las, a gente faz coisas como conteúdo de qualidade, vídeos de qualidade, artigos de qualidade… A gente gera uma conversa legal para que isso atraia as pessoas.

Então, em vez da gente tentar puxar as pessoas, a gente deixa que as pessoas venham até nós. Isso soa incrivelmente lindo e fantástico, principalmente quando aqueles caras de redes sociais que nunca fizeram nada em um negócio online nem venderam um produto se quer falam um monte de besteiras.

É óbvio que isso faz sentido. Mas o que você diz para a enorme quantidade de pessoas que criaram conteúdos fantásticos há anos e nunca saíram do lugar? “Mas Bruno, o conteúdo deles talvez não era tão bom assim!” Será mesmo? Será que o conteúdo dessas pessoas não era bom o suficiente para atrair a atenção das pessoas?

Tem mais uma prova de que isso é besteira. Algumas pessoas dizem que “só o que funciona hoje é o inbound marketing”. As pessoas gostam de falar essas palavras em inglês como se fossem bonitinhas. Eu gasto todos os dias com anúncios no outbound marketing. É a criação de anúncios no Facebook, Google Adwords, Outbrain, Taboola… Eu chego a gastar de 10 a 15 mil por dia em anúncios.

Mas não é um gasto, é um investimento, já que eu consigo medir exatamente o que esse valor me traz de retorno. Eu garanto para você: é positivo. Quando é negativo, eu paro a campanha – não vou ficar botando meu dinheiro fora.

As maiores empresas do mundo – com faturamento de quase 1 bilhão de dólares – continuam fazendo até hoje o outbound marketing com muito sucesso. Isso significa que eles não usam o inbound marketing? Não!

Toda as vezes que você vê um artigo falando sobre a “morte” ou o “fim” de alguma coisa, geralmente é mais alguém tentando chamar atenção do que falando uma verdade. O que funciona mesmo e continuará funcionando por anos é marketing – seja inbound, seja outbound, seja crossbound… O que funciona é marketing.

Entenda seu mercado e entenda o que as pessoas desse mercado precisam para descobrir a melhor maneira de chegar até elas, conectando seu negócio com elas. Se você conseguir criar um conteúdo tão fantástico a ponto de ele ser compartilhado e as pessoas virem até você, ótimo! Mas não são em todos os negócios em que isso fará sentido.

Talvez seja melhor uma combinação. Eu vejo diversos casos em que as pessoas criaram conteúdos incríveis (vídeo, artigo, texto) e ninguém os descobre – ou talvez seja um mercado no qual as pessoas não se sintam confortáveis em compartilhar.

Um exemplo disso é o mercado de relacionamentos: um vídeo sobre como conseguir o telefone da gata na balada. Não é todo mundo que se sentirá confortável em compartilhar isso no Facebook. Talvez a pessoa até fale para alguns amigos, mas não é a mesma coisa.

Tem um pessoal que trabalha com ejaculação precoce e disfunção erétil… dá para entender facilmente porque alguém não compartilharia um problema desses no Facebook! Têm certos mercados em que o inbound marketing não fará sentido.

Mas existe um marketing por trás. Você precisa ver qual é o melhor para o seu mercado, para suas habilidades e para o que faz mais sentido no seu negócio como um todo.

Eu gosto de criar conteúdo. Eu gosto de fazer esses vídeos e tento fazer 1 ou 2 vezes por semana. Mas têm muitas vezes que eu não quero fazer o vídeo… E não quero me colocar numa posição em que eu tenha que criar vídeos todos os dias como eu sei que muitas pessoas fazem. Para eles faz sentido, ótimo – mas para mim não.

Eu percebi essa restrição no meu negócio… Eu não gosto de ter que produzir vídeos todos os dias. Então, eu adaptei para o que funciona para meu negócio. Por isso eu coloco ads (anúncios) e talvez você já tenha visto algum meu no Facebook, Adwords, Outbrain ou Taboola. É daí que eu trago as pessoas para meu conteúdo.

Para quem é criador de conteúdo e quer desenvolver um inbound marketing, talvez a melhor opção seja criar um conteúdo fantástico e, em vez de partir para criar um novo conteúdo fantástico (sendo que nem 5 pessoas viram aquele seu primeiro artigo), porque não ficar um tempo promovendo esse conteúdo fantástico que você criou seja por anúncios, seja por guest posts, seja por parcerias?

Vá atrás das pessoas. Se elas não quiserem prestar atenção em você imediatamente, não é para você achar que seu conteúdo não é bom o suficiente e abandonar tudo. De repente as pessoas certas não tiveram a chance de ver seu conteúdo.

Esse era um vídeo para dizer que não existe, na maioria dos casos, o fim do inbound ou outbound marketing. Está cheio de empresas por aí que talvez você nem ouça falar, que talvez não sejam “cool” e não tenham marcas legais, mas do ponto de vista de um negócio em si, elas faturam muito bem usando outbound marketing. Elas vão atrás das pessoas e o conteúdo que elas criam são direcionados às vendas ou algo específico para um funil de vendas.

Se você conseguir criar um conteúdo incrível, chamar a atenção e as pessoas chegarem até você, ótimo! Esse é um modelo de negócios. Mas só porque esse funciona não significa que todos os outros não funcionam – isso é um absurdo!

Com certeza hoje criar anúncios e fazer o outbound marketing é bem mais difícil do que no passado, já que as pessoas são bombardeadas por anúncios por todos os lados. Se você não se destacar de alguma maneira, você pagará mais caro e terá menos resultados – isso sim é um fato.

A efetividade de um anúncio é cada vez pior por esses motivos. Mas isso não significa que não funcione mais. É só fazer de uma maneira mais adaptada para quando você estiver com seu negócio funcionando.

Essa era a dica que eu queria passar para você hoje. Foque em marketing. Marketing é o que funciona e vai continuar funcionando por muito tempo porque trata de necessidades básicas do ser humano. Trata de como a gente atua no dia após dia.

Esse era o vídeo. Se você gostou, pode clicar aqui embaixo para dar um joinha. Também clique no botão para assinar o canal e receber uma notificação de todos os próximos vídeos que eu postar. Depois, se você quiser aprender sobre como criar um negócio do zero com o tipo de marketing certo, recomendo que você visite o FeriasSemFim.com.

Lá eu tenho um treinamento online gratuito que mostra um pouco mais de como criei um negócio do zero. Mostro também os resultados que eu e outros clientes tiveram fazendo isso.

Vou ficando por aqui. Um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+