O Motivo De Você Não Evoluir Rápido Em Suas Habilidades

“Poxa… mas você melhorou seu tempo hein…”

Nem achei que tinha evoluído tanto. Até porque como eu era MUITO ruim, tinha bastante espaço pra crescer.

Isso foi em uma corrida que fiz agora fim de semana, no kart.

Comecei bem pra trás do tempo que os outros, que já andavam lá, faziam. Mas com calma fui melhorando. E melhorando mais rápido que muitos que já estavam há mais tempo ali.

O motivo? Algo que eu tinha e fazia que eles não prestavam tanta atenção:

Foco.

Sou daqueles que quando me encarno em algo, eu não consigo fazer pela metade… e nem 70%… e nem 95%…

É all in!

Acho que a maioria dos empreendedores é assim.

Tem esse espírito competitivo e gosta de se dedicar a algo com todas suas forças.

Eu sei que sou assim. E por reconhecer que ajo dessa maneira, eu tomo bastante cuidado com o que me envolvo. Porque eu sei que se algo me fisgar , eu vou dar o all-in e pode demorar um bom tempo até sair disso.

Felizmente hoje o melhor all-in que capturou meu interesse foi empreendedorismo e, mais especificamente, copywriting.

Ambos que contribuem—e muito—pra minha jornada como empreendedor e que me fizeram chegar ao meu 1º milhão partindo do zero.

Algumas das lições eu passo em uma palestra online que você pode reservar seu lugar clicando aqui.

Agora, já diria Jack Nicholson:

“Todo trabalho sem diversão, faz de Jack um bobão.”

A gente precisa de momentos de descanso e lazer.

Ter outras atividades fora do nosso trabalho e vocação principal para relaxar a mente e o corpo. Eu tenho várias. E recomendo que você tenha também.

A última que apareceu foi Kart.

Corremos agora ali perto de Fort Lauderdale com o pessoal do nosso Mastermind que realizamos todo ano.

E infelizmente me fisgou.

Voltei agora para o Brasil temporariamente e já fui atrás: onde dá para andar? E nisso foi quase como a primeira vez que digitei no Google sobre negócios online:

Um mundo novo inteiro se abriu.

Há pessoas extremamente viciadas nesse esporte. E eu entendo completamente: é divertido demais.

Comecei andando em uma pista perto daqui. Uma interna. Tranquila e fácil de andar. Só pra brincar.

Melhor volta da primeira corrida: 52.798

O melhor tempo da pista: 47.230

É… dava para melhorar muito.

E que foi que eu fiz?

A mesma coisa que faço em qualquer atividade, esporte ou negócio que me envolvo:

Dei o all-in.

Assim como em empreendedorismo, não fiz pela metade. Fui atrás das informações. E hoje em dia é tão fácil que não tem porque não fazer isso.

YouTube, vídeos, artigos, dicas, etc.

Basta olhar e procurar.

Mas esse é o básico.

Agora tem um extra—e é um que nessa nova palestra eu explico melhor—que poucos lá têm:

Mindset.

É batata:

Se o cara perde, a primeira coisa que ele faz é achar desculpas.

“Você pesa pouco…”

“Meu kart tá desregulado…”

“A pista tá ruim…”

“Peguei um retardatário que me segurou…”

Blá blá blá.

Desculpas, desculpas e desculpas.

Eu?

Primeira coisa que faço é admitir: perdi.

Há alguém melhor que eu.

Só que ao invés de ficar achando desculpas porque eu perdi, eu fui lá pro cara que ficou em primeiro e falei:

“Parabéns ai pela corrida. Se importa se eu perguntar: como tu faz aquela curva de lá por fora?”

E as pessoas são muito mais abertas do que a gente espera… pra aqueles que elas vêem que não ficam inventando desculpas por nada.

É algo tão simples, mas eu vejo acontecer repetidas vezes.

Seja andando de kart, seja em empreendedorismo:

Uma dificuldade imensa de admitir que você estava errado e encarar os fatos.

Parece quase óbvio… mas isso é uma habilidade. E uma bem difícil de aprender. Porque a nossa tendência é tentar escapar e fazer algo que nosso país é campeão em fazer:

Jogar a culpa nos outros.

DEUS O LIVRE olhar para o próprio umbigo e considerar que… talvez… de repente… você é o culpado.

Não é fácil.

Envolve acalmar nosso ego e orgulho—e algo que sinceramente as mulheres tendem a fazer muito melhor que os homens—e admitir:

Errei… como posso melhorar?

É uma leve diferença de atitude, mas que somada faz toda diferença.

Meu melhor tempo hoje?

48.643

Ainda longe do recorde da pista… mas já bem melhor.

Aqui a evolução como foi:

“Você só pode melhorar o que você mede”

Altos e baixos, mas com uma clara tendência a baixar.

E a maneira que fiz isso foi a mesma que recomendo que você faça com qualquer atividade e principalmente no seu negócio online:

Dê o all-in.

Não faça as coisas pela metade.

Dedique-se e mantenha sempre uma boa dose de humildade pra admitir quando você precisar de ajuda em algo que tem dificuldade.

Só assim você pode evoluir.

Eu faço meu máximo pra compartilhar todas lições que aprendi para chegar até aqui. E com certeza tantas outras ainda virão pela frente que quero passar pra você.

As mais importantes até agora eu passo nessa nova palestra online aqui .

Recomendo que cadastre seu e-mail ali e assim eu aviso você quando ela for ao ar.

Por isso, clique aqui , cadastre seu e-mail e assim escolher o melhor horário para você acompanhar!

Grande abraço e uma ótima semana!

–  Bruno 

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+