Por Que Eu Parei de Colocar Prazos Para os Meus Objetivos – E Porque Você Deveria Fazer o Mesmo

Sempre ensinam que bons objetivos de curto, médio ou longo prazo devem ter uma data específica…

…mas será que esse é realmente o melhor caminho?

Será que para alcançar seus objetivos deve ser assim a ferro e fogo?

Todos temos metas a serem alcançadas, mas colocar um prazo firme pode não ser a sua melhor escolha.

Explico melhor no vídeo.

Você pode também escutar esse vídeo no Podcast oficial do Empreendedor Digital:

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

Por Que Eu Parei de Colocar Prazos Para os Meus Objetivos – E Porque Você Deveria Fazer o Mesmo

Opa! Bruno Picinini por aqui. Nesse sagaz vídeo de hoje eu quero te passar uma sugestão para seus objetivos.

Estou gravando esse vídeo na Montanha Elk, perto de Vancouver. O cenário aqui em cima é incrível. Estamos em junho, mas dá para ver que nas montanhas ainda tem neve. Parte do caminho pelo qual passei também tinha bastante neve.

Tem um vale ali atrás que é muito bonito. Para subir até aqui foram umas três horas de caminhada, mais ou menos. Enquanto caminhamos, pensamos na vida. Esse é um dos motivos pelos quais gosto de fazer esportes.

A gente ocupa nosso consciente. Prestamos atenção no caminho, subimos, desviamos das coisas… E liberamos o subconsciente para ficar pensando. Assim nós pegamos todos os inputs, insights, ideias… E de repente sai uma ideia nova ou uma solução para um problema.

Esses tempos eu estava pensando sobre algo que mudou muito em comparação com o que eu fazia no início. São os objetivos do meu negócio e da minha vida.

Muitas vezes somos ensinados a fazermos objetivos smart. É uma complicação. Pode funcionar, não estou dizendo que não funciona.

Mas tem um ponto dessas técnicas de objetivos que sempre me incomodou. Até que eu pensei, “Por que eu faço isso? Por que não faço de uma maneira mais simples?”

Esse ponto é aquele que diz que você deve colocar uma data para cumprir o objetivo. “Daqui 6 meses quero estar ganhando X.” “Daqui um ano meu negócio tem que estar girando Y.”

“Se a gente não colocar data, vai ficar no limbo. Nunca ficará acionado. Se não tiver uma data, ficará para algum dia, e algum dia não existe. Você vai acabar não fazendo.” Isso realmente acontece algumas vezes.

Mas existe outro lado da moeda. Por isso quero fazer essa discussão com você. Depois quero ouvir sua opinião nos comentários.

Hoje em dia, em muito objetivos que eu tenho (os maiores) eu não coloco mais data. Eu coloco nos menores.

Por exemplo. Eu geralmente divido meus planos de 1, 5 e 10 anos, e os divido em trimestres. Até os de 5 anos para mim estão longe demais. Eu nem sei quais habilidades terei. Mas, obviamente, tenho uma ideia do que quero ter em 5 ou 10 anos para meus negócios e minha vida. É só uma data no futuro.

Aí vem os objetivos de trimestre. “Esse trimestre quero fazer um webminário, uma nova campanha da Máquina Automática de Vendas, uma do Férias Sem Fim, um novo produto, uma parceria, começar meu podcast…”

Para esses objetivos menores, que são mais simples e diretos, eu coloco uma data. Eu quero que eles sejam executados, porque vão avançar meus negócios.

Mas objetivos como “ganhar X”… Não estou falando de 10%, estou falando de 10x. Em objetivos como “multiplicar meu negócio por 10”, eu não coloco uma data específica.

Eu me dei conta em que todas as vezes em que eu coloquei datas, só três coisas poderiam acontecer. Ou eu conseguia meu objetivo antes do prazo, ou eu conseguia exatamente no prazo em que eu combinei comigo mesmo ou eu conseguia depois do prazo. Essas eram as únicas três opções.

Mas desses três, as chances de conseguir exatamente no prazo é a menor. Você teria que acertar num dia específico. Você terá bem mais chances de acertar antes ou depois.

Além disso, você pode criar uma armadilha para si próprio. Se você falar que uma tarefa tomará 5 dias, ela tomará 5 dias.

Então, você pode falar, “Quero daqui 6 meses estar ganhando 6 mil por mês”. Talvez, se você não tivesse falado “6 meses” e desse espaço para seu subconsciente trabalhar, você conseguisse antes. Não é que isso acontecerá todas as vezes, mas existe chance.

Pode também acontecer depois. O pior de acontecer depois é que… É um objetivo super bom que você colocou, mas você cria uma ansiedade enorme. “Agora tem uma data! Tenho que correr! Está chegando cada vez mais perto da data e não estou avançando! Vou me matar porque está tudo errado!”

Aí chega a data. O objetivo era 10 mil por mês, mas você conseguiu 9.799. “Meu Deus! Não bati minha meta de 6 meses!” Mas ainda assim, você avançou para caramba! Estou exagerando, mas é para provar um ponto. Isso acontece!

Muitas vezes esse objetivo acaba criando uma ansiedade muito maior do que eu simplesmente botar aquele objetivo.

Porém, se você não colocar a data, garanta que todos os dias você lembre que terá esse objetivo. Depois, deixe acontecer. Garanta que todos os dias você esteja trabalhando para que aquele objetivo chegue o quanto antes.

Se acontecer antes, você sairá ganhando e muito. Mas pode ser que aconteça depois. Qual é o problema se aconteceu depois?

Se você não está ganhando nada e está lutando para ganhar seus primeiros mil reais, eu entendo que tenha essa emergência. Você quer largar seu emprego e trabalhar por conta. Eu sei que dói.

Mas, ao mesmo tempo, cuidado para não criar uma ansiedade que você mesmo criou de uma maneira artificial só por ter colocado uma data no seu objetivo.

Eu não tenho a resposta exata se você deve ou não colocar. Estou falando como eu faço com objetivos maiores. Eu não coloco porque pode ser que eu consiga antes. Mesmo que eu não consiga antes, não tem problema algum. Não tenho pressa para resolver tudo para amanhã.

Um dos problemas que fazem com que as pessoas tomem decisões erradas na vida, sacrificando qualidade de vida, saúde, família… É porque precisam atingir essas meta.

É uma maneira de se viver. Cada um escolhe como quiser. Eu pessoalmente não concordo.

Nesses eu não coloco datas e nos curtos eu coloco. Um bimestre, três meses… Fechar tal projeto, terminar tal coisa. É algo que não me causa tanta agonia.

Eu pessoalmente faço assim. Mas é uma sugestão e o início de uma discussão. É algo que eu pessoalmente mudei de uns tempos para cá. Não tenho essa data tão forte criando essa angústia.

Ou eu conseguia antes ou eu conseguia depois dela. Principalmente quando era depois, eu ficava angustiado.

Fica uma sugestão. De repente faça sentido para você. Se você acha que não faz sentido, e que você precisa de uma data para se forçar a fazer… Para ter aquele desespero do dia anterior…  Ótimo! De repente é uma maneira de você se esforçar.

Eu não preciso. Mantenho todos os dias meus objetivos na cabeça.

Eu estava olhando para esse cenário e pensando o que quero da minha vida, o que já consegui, agradecendo por tudo que tenho. Eu penso no que mais está por vir, mas fico sempre feliz com o que tenho hoje.

Achei que de repente valia a pena passar isso para você. Talvez funcione para você.

Vou ficando por aqui porque tenho que voltar todo o caminho para voltar para Vancouver.

Se você gostou pode dar um joinha. Você também pode assinar o canal para receber uma notificação de todos os próximos vídeos que eu postar.

Por último eu recomendo que você visite FeriasSemFim.com. Lá tem uma aula online gratuita para você participar e aprender o passo a passo que eu e vários alunos meus usamos para criar um negócio online do zero.

Vou ficando por aqui. Um grande abraço. Até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+