Por Que Você Deveria Ofender Certas Pessoas no Seu Marketing

Sei que parece estranho… mas confie em mim:

Você deveria ofender algumas pessoas de vez em quando.

Você pode também escutar esse vídeo no Podcast oficial do Empreendedor Digital:

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

Por Que Você Deveria Ofender Certas Pessoas no Seu Marketing

Opa! Bruno Picinini por aqui e nesse episódio de hoje quero recomendar que você ofenda certas pessoas de vez em quando no seu marketing.

Tem um motivo para isso. Não é só ofender por ofender. É uma estratégia que você pode usar para ganhar posicionamento e autoridade no seu mercado. E é isso que quero explicar no episódio de hoje.

Em primeiríssimo lugar… Não importa o que você fizer… Da maneira que você fizer… Se você tentar ser a melhor alma viva desse planeta… Você vai acabar ofendendo as pessoas.

Ainda mais hoje no Brasil. Parece que é ainda mais exacerbado. Muita gente sofre de um vitimismo enorme. Se você fala de uma maneira, zilhões de pessoas se ofendem por algum motivo.

Aconteceu recentemente com o site da minha namorada. No site dela, ela usava fotos com homens nos artigos. É da área de relacionamentos e a maioria das fotos eram de modelos brancos.

Aí vem um monte de gente falando que o site era racista… Não chegaram a usar o termo racista, mas se achavam no direito de usar fotos com modelos… Não sei se posso dizer “negros”, porque podem se ofender com isso também.

Para ofender as pessoas hoje, é realmente muito fácil. Você não precisa se esforçar. Isso vai acontecer naturalmente. Se é para acontecer naturalmente, o melhor é que a gente aproveite e faça de uma maneira estratégica que te ajude no seu negócio.

Como fazer isso e por que isso ajuda? Se você tentar ser uma boa alma, não ofender ninguém… Não digo para ofender simplesmente por ofender e é isso que vou explicar. Se você tentar ser uma boa alma, tentar fazer o jogo da boa politicagem, não ofender ninguém e não dar uma opinião forte sobre os assuntos, talvez você não ofenda muitas pessoas. Pode ser.

Mas ao mesmo tempo você também não terá fãs muito fortes. E isso não é bom. O marketing bom é naturalmente polarizado. Ou seja, você defenda algo que você acredita com todas as suas forças e quem não gostar daquilo, problema dele.

Sim, você ouvirá críticas. Sim, você ouvirá pessoas te xingando. É até natural. Mas ao menos você também terá fãs muito mais fervorosos que vão te defender com tanta força que essas pessoas que estão te xingando.

É bom que você às vezes ofenda algumas pessoas. Se você não concorda com alguma coisa, com algo que acontece no seu mercado, no seu país e que você acha que vai ajudar a vender mais do seu produto, diga e diga sem medo.

Não é para ofender sem uma estratégia por trás, senão você só vai causar energia negativa. No meu caso como exemplo… Eu muitas vezes vou contra as faculdades. O jeito que as faculdades, pós e mestrados são feitos hoje.

São muito caros… O conhecimento é atrasado… Não todos, alguns se salvam. Mas muitos têm um conhecimento muito atrasado que só serve para perder tempo e não ajuda muita coisa. Então, vou muito contra isso.

Outra coisa… Concursos públicos. Tem cargos que com certeza merecem o dinheiro que ganham, não estou dizendo que não. Mas tem alguns que, sinceramente, é uma várzea. As pessoas ganham uma grana que em qualquer emprego privado não seria nem perto para não ter que fazer nem a metade. E isso não está certo. Não é que todos os problemas do país sejam por isso, mas esse é um dos problemas.

Depender de aposentadoria é outro ponto que no livro do Férias Sem Fim… Se você não conhece você pode visitar FeriasSemFim.com/livro. Eu falo bastante sobre aposentadoria. Depender da aposentadoria como um único plano de longo prazo é um perigo enorme. Daqui há pouco ela pode ser cancelada.

Tem certas coisas que eu não tenho medo de dizer que estão erradas. Isso eu não concordo. Acho isso besteira. Acho isso uma idiotice completa.

No outro vídeo eu falei sobre pessoas que acham que uma empresa não deveria lucrar… Que ela deveria existir sem ter caixa. E que todo dinheiro que ela ganhava deveria voltar ao mercado. Isso é uma ideia idiota. Geralmente, quem fala não tem empresa.

Tem várias coisas assim que eu não me importo nem um pouco de ofender. Não me importo nem um pouco que pessoas se sintam ofendidas quando eu falo sobre isso, porque não é meu público.

Ao ofender essas pessoas… Não estou ofendendo chamando de idiotas na hora – às vezes sim, dependendo do caso. Eu estou simplesmente defendendo minha opinião com a força que acredito que ela está certa.

Quem não gostar, problema dele. Que gostar, vai falar, “Eu gosto do que esse cara fala. Eu concordo 100% com ele. Eu vou junto.” À medida que eu ganho haters, eu ganho fãs com as coisas que eu falo. E isso é muito importante.

Lembre-se disso. O marketing, para funcionar, para ter mais resultados, é naturalmente polarizado. Tem um outro exemplo para você gravar bem na cabeça… É como se você fosse fazer um site sobre seu time.

Não interessa o time para qual você torça. Você torce para um time e vai fazer um site sobre ele. Você vai economizar palavras para xingar o time adversário? Não. Você vai defender o seu time. Você quer fãs do seu time e não de todos os outros.

Se você tenta falar do seu time sem ao mesmo tempo ofender os outros, não vai funcionar. Vai ser um site sem graça. Vai ser um site chatinho. Ninguém vai dar muita bola. Mas não precisa ser agressivo.

Tem um ponto que você passa… Se você sair dando patada por dar patada… Sem um argumento, sem alguma coisa por trás, sem fazer sentido, enjoa. “Você só xinga, só fala mal.” Isso não é bom.

Eu nem perco meu tempo xingando por xingar. Eu foco nas coisas boas, nas coisas do meu mercado. Mas não tenho medo de expor minha opinião sobre o que está errado. É isso que me posiciona no que represento e no que acredito nessa vida.

E isso é bom. Por mais que eu ofenda algumas pessoas, essa “ofensa” é uma coisa boa. É até uma maneira de medir os resultados. Essa era a dica que eu queria passar para você hoje aqui nesse vídeo.

Se você gostou, pode clicar no joinha. Também pode clicar no botão para assinar o canal e receber uma notificação de todos os próximos vídeos que eu postar. Se você quiser saber um pouco mais sobre meu trabalho e dessas coisas que eu gosto de xingar e outras nem tanto… Eu recomendo que você dê uma olhada no meu livro.

Você pode conhece-lo em FeriasSemFim.com/livro. Lá vai ter mais informações sobre ele. Você pode adquirir um dos exemplares para receber em casa e até online. Vou ficando por aqui. Um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+