Porque Um Salário Alto Vale Menos e Custa Mais Para Manter

Doce ilusão.

É isso que um salário alto significa para muitas pessoas.

Vou contar pra você… é simplesmente incrível – pra não dizer impressionante – a seguinte capacidade humana:

Não interessa quanto a pessoa ganha, ela consegue SEMPRE gastar 10% a mais do que ela recebe!

Resultado:

Dívidas e mais dívidas.

E esse é só começo.

Assista ao vídeo e aprenda como fugir dessa armadilha.

Você pode também escutar esse vídeo no Podcast oficial do Empreendedor Digital:

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

Porque Um Salário Alto Vale Menos e Custa Mais Para Manter

Opa! Bruno Picinini por aqui eu quero te avisar de uma armadilha em que muitas pessoas caiem e não se dão conta. Isso acontece na hora de escolher um emprego, um trabalho ou de gerar renda nas suas vidas e negócios.

Essa praia se chama Praia Secreta. Ela fica na Ilha de São Pedro, em Belize. É um lugar incrível. É uma das águas mais transparentes que já vi.

Eu estava lendo um livro e conversando com minha namorada sobre a vida, negócios, filosofia… Conversando sobre coisas que dão significado às nossas vidas… Coisas que nos fazem ou não nos fazem felizes… Quanto custa a felicidade… E outras coisas importantes da vida.

Aí nos demos conta de algo que acontece com meus amigos, com as amigas dela e várias outras pessoas com as quais já conversei. Na hora de escolher um emprego ou uma maneira de gerar renda, as pessoas muitas vezes não se dão conta que um salário mais alto pode acabar saindo mais caro e sobrar menos no seu bolso no fim do mês do que um salário menor.

Isso não significa que você deve sacrificar ganhos financeiros para ter qualidade de vida. Aqui no meu canal tem um vídeo que fala sobre “Dinheiro versus Felicidade”. Essa é uma briga antiga, mas acho isso besteira. Não é questão de “um ou outro”. É uma questão de “um e outro”. Resultados financeiros e qualidade de vida. Essa que é a resposta.

Algumas pessoas, na hora de escolher um emprego, começam ganhando um certo valor. Isso me faz lembrar de uma frase do meu livro. Estarei lançando-o em abril. Vou avisar tudo por email. Se você não está cadastrado, se cadastre no FeriasSemFim.com. O livro leva o mesmo nome: “Férias Sem Fim”.

No livro eu falo sobre uma citação que diz que se você trabalha disciplinadamente de 8 a 10 horas por dia você pode ganhar a chance de, no futuro, de trabalhar por 10 ou 14 horas por dia como gerente daquela empresa.

É óbvio que tem um pouco de piada. Não é sempre assim. Nem sempre você vai virar um gerente e vai simplesmente trabalhar mais. Mas, um pouco, é verdade. Essa que é a armadilha. Não estou falando só de empresas, mas numa empresa fica mais claro o exemplo. Às vezes isso pode acontecer com um cara que está criando o próprio negócio.

Você está trabalhando como empregado. Aí você ganhou uma promoção. Agora você é o gerente da sua empresa. Geralmente, ao se tornar gerente, isso envolve mais responsabilidades, você tem que se dedicar com mais horas, tem que corresponder mais aos resultados da empresa… se você quiser continuar crescendo.

Uma amiga minha trabalhava como trainee. Não lembro em qual empresa. Era uma Renner ou Riachuelo da vida. Para ela ser gerente, ela tinha que ir a uma loja mais longe dos melhores locais de se morar. Muitas vezes quem passa num concurso público vai para o interior e pouco a pouco pode crescer e voltar para a cidade em que queria estar.

Aí que começa a armadilha. Beleza, ela está ganhando mais. Vamos supor que ela ganhava 10 mil e agora ganha 20 mil reais. Não interessa o valor. O problema é que antes ela ganhava 10 mil reais, mas perto dos amigos e da família. Era mais fácil e mais barato para ela se divertir, se desestressar e fazer as coisas que ela realmente gosta de fazer.

Agora que ela ganhou mais responsabilidade como gerente, ela ganha mais. Porém, se estressa muito mais. Para aliviar esse estresse, ela acaba tendo que gastar mais… E essa é a armadilha.

Já ouvi muitas pessoas falarem exatamente isso. Eu estava falando com um cara uma vez. Ele estava trabalhando um monte e estava ganhando mais. Ele tinha comprado uma moto que sempre quis. Não há problema nenhum nisso, mas ele se justificava dizendo que merecia: “Com todo estresse que eu tenho, eu preciso de uma maneira de relaxar.”

É como uma história que ouvi uma vez. Não sei se é verdade ou não. Achei engraçado e vai exemplificar o que tenho para dizer. Tinha um cara que se matava de trabalhar. Ele trabalhava feito um louco na bolsa de ações.

Perguntaram para ele, “Por que você trabalha tanto? Para que você precisa de mais dinheiro?” Ele respondeu, “Eu tenho três divórcios para sustentar. São três ex-mulheres e eu tenho que pagar pensão para elas. E isso saí caro.”

Aí perguntaram, “Por que você tem três ex-mulheres? O que aconteceu?” Ele respondeu, “Todas elas falaram a mesma coisa… Todas elas falaram que eu trabalhava demais.”

Entende como é contraditório? É engraçado, mas triste ao mesmo tempo. Não duvido que não exista situações exatamente como essa. Existem muitas situações nas quais as pessoas se colocam e são exatamente assim.

Não tem problema em querer crescer, ganhar mais, ter objetivos. Mas nesse processo de ganhar mais, as pessoas se submetem a situações que causam tanto estresse, que elas acabam tendo que ganhar muito mais “porque merecem”.

Isso é e não é verdade. Se no final vai sobrar mais ou menos a mesma coisa no bolso… Se antes ela ganhava 10 mil e gastava 5 mil para fazer tudo o que precisava… E agora ganha 20 mil, mas gasta 15 mil porque ela precisa desestressar, precisa comprar uma moto, precisa fazer tal viagem porque merece… No final vai sobrar 5 mil igual, mas com todo estresse que vem junto com isso.

Obviamente, a matemática não será sempre perfeita como estou falando. Mas entenda a lógica. Isso não acontece somente quando se é empregado, mas também quando se cria um negócio online.

Cuidado para não criar um outro emprego que é tão estressante que você acaba gastando muito mais só para baixar seu nível de estresse e ter uma vida normal. Essa não é a melhor maneira.

Não é uma questão de sacrificar um ou outro. É uma questão de achar o ponto para combinar os resultados financeiros com qualidade de vida. Tenha resultados financeiros sem ter que criar um estresse enorme na sua cabeça, na sua vida, na sua família. Isso pode custar tão caro para manter que no final não vale a pena.

Muito cuidado com essa armadilha porque vejo acontecer bastante. As pessoas na ascensão para o sucesso esquecem de botar a matemática no papel para ver se as contas fecham. Às vezes todo esse estresse sai muito mais caro do que escolher outra maneira de levar sua vida.

Essa era a mensagem que eu queria passar para você hoje. Se você gostou, pode clicar no joinha. Também clique o botão para assinar o canal e receber uma notificação dos próximos vídeos que eu postar.

Por último, eu recomendo que você visite o FeriasSemFim.com. Lá tem um treinamento online gratuito para você participar. Estarei avisando sobre o lançamento do meu livro que acontecerá agora em abril.

Teremos um evento ao vivo em São Paulo. Não tenho certeza ainda. Mas eu passarei todas as informações com calma assim que eu tiver.

Vou ficando por aqui. Um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+