Como Transformar Experiências Negativas Em Lições Valiosas

Experiências negativas e positivas fazem parte da vida.

Positivas são mais fáceis…

Mas como aproveitar as negativas para tirar importantes e valiosas lições e superar erros?!

Você pode também escutar esse vídeo no Podcast oficial do Empreendedor Digital:

Lembre-se de assinar agora o canal para não perder nenhum vídeo com dicas e sacadas de marketing e empreendedorismo digital.

Como Transformar Experiências Negativas Em Lições Valiosas

Opa! Bruno Picinini por aqui. No vídeo de hoje, testando meu novo equipamento de iluminação para vídeos… Um equipamento portátil para vídeos. Depois, se você quiser, eu te passo o link. Nas minhas viagens fica difícil levar qualquer equipamento maior de iluminação. Esse, pelo o que vi no vídeo, está funcionando relativamente bem.

A ideia do vídeo de hoje é como transformar experiências negativas em algo positivo para você na sua vida. Pode ter certeza: o que quer que você esteja fazendo (negócios, desenvolvimento pessoal, academia ou o que for) você vai passar por experiências negativas.

Se você não souber como lidar com elas e como tirar proveito delas – tirando as lições que a vida está tentando te passar – você ficará travado no local onde você está na sua vida.

O que eu uso é um processo de quatro passos. É de um autor que eu já citei várias vezes. Aposto que ele começará a vender um monte de cursos aqui no Brasil sem saber porquê. Ele se chama Ed Sullivan.

Sempre gosto de dizer de onde vem as coisas que aprendo. Acho que que dar crédito para o conteúdo que a gente aprende. Ele tem isso que ele chama de transformador de experiências.

Ele tem quatro passos para serem seguidos sempre que acontece uma experiência ruim para aproveitá-las e tirar as lições necessárias delas. Às vezes as lições que vêm desses erros são até melhores do que de sucessos. Elas que vão te direcionar para um novo caminho que vão te levar a um breakthrough. Você ficará tentando achar o caminho certo até encontra-lo e começar a crescer exponencialmente.

Então, quais são os quatro passos? Vamos supor que você passou por uma experiência ruim. Alguma coisa deu errado. Você faz esses quatro passos. No primeiro deles, você se pergunta: “O que, nessa situação, deu certo?” Depois vou explicar porque fazemos esses passos.

Primeiramente você tem que olhar somente o negativo da sua situação para realmente entender o que deu certo nela. Sempre há algo de valor para se tirar. Em último caso será uma lição aprendida. Então, o que funcionou, dentro de todas as coisas que deram erradas?

Em segundo lugar você pergunta o que não deu certo. Essa será mais fácil de se colocar no papel. Coloque em detalhes o que exatamente não deu certo no que você queria tentar. O que não funcionou… O que aconteceu… O que falhou…

Descreva em detalhes, por mais que aquilo doa. Você começa a separar o que funcionou para ver que existe um motivo bom por trás de todos os erros. Ao escrever no papel o que não deu certo, você começa a tirar aquela sensação de que é só com você, um erro pessoal, uma falha do seu ser… E não simplesmente como um teste que falhou.

Antes de você passar para o papel, talvez você esteja pensando, “Por que dá sempre errado para mim? Por que eu não consigo fazer isso? Por que eu sou assim?” É algo muito pesado. Não é certo.

Quando você começa a colocar no papel, você começa a se distanciar um pouco daquilo e começa a ver mais como, “Isso deu errado, mas isso não sou eu. Eu posso errar. Sou humano.” Isso é normal. Esse é o segundo passo.

O terceiro passo é… Se você tivesse que passar por essa mesma situação de novo, o que você mudaria? O que você faria diferente? O que você faria para evitar aqueles erros que aconteceram?

“Alguns erros são inevitáveis.” Talvez. Mas tende considerar todas as possibilidades do que você poderia ter feito para ter evitado. Planejamento melhor? Execução melhor? Ter as pessoas certas no lugar certo? Ter as ferramentas certas no lugar certo?

Considere tudo isso para saber como você poderia ter feito nessa situação para que ela não aconteça de novo – pelo menos não de uma maneira tão errada.

Depois de achar um ponto positivo, se distanciar um pouco de toda negatividade, entender que é só um erro… O quarto passo é quando começamos a ter as ideias podem se tornar não um negócio inteiro… Mas para realmente mudar.

Se você está só acertando num caminho, você não tem que mudar muito. Mas quando você erra, isso te obriga a olhar outras alternativas. Quando você olha essas outras alternativas, você talvez ache uma resposta diferente que produza esse resultado que dá esse “breakthrough”.

Baseado nesses outros três, o quarto passo é o seu plano de ação (ou de ataque) para corrigir isso e melhorar seus resultados. Baseado no que você colocou no papel, você formula um plano. Afinal, se você não formular um plano, a tendência é que os erros simplesmente aconteçam novamente.

Qual é seu plano de ação para evitar que aquilo aconteça de novo? Você vai botar procedimentos na sua empresa? Você vai contratar pessoas? Você vai testar mais? Você vai fazer um novo produto? Não sei. Mas desenvolva os passos necessários baseado no aprendizado que você teve. Caso contrário, você correrá o risco de cometer o erro duas, três ou até quatro vezes.

Aí já não valeria a pena. Uma vez, beleza. A segunda já começa a ir para a burrice. Se o erro é exatamente igual, sem nada diferente, você já deveria ter aprendido a lição.

Esses são os quatro passos para transformar erros, experiências desastrosas, que todos nós teremos nas nossas vidas. O Jack Sparrow do Piratas do Caribe diz que o problema não é o problema, mas sim como você encara o problema.

É exatamente isso que você tem que cuidar na hora de criar seu negócio. Use esses quatro passos para transformar qualquer experiência negativa em algo bom.

Se você gostou desse vídeo, você pode clicar no joinha. Também clique logo abaixo para assinar o canal e receber uma notificação de todos os próximos vídeos que eu postar.

Por último eu recomendo que você visite FeriasSemFim.com. Lá tem uma aula online gratuita para você participar e aprender um pouco mais sobre como criar um negócio online totalmente do zero, baseado nos quatro fundamentos de todos os negócios online que dão resultado.

Vou ficando por aqui. Um grande abraço e até mais.

Seja generoso - compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+